Voltar

O que é Turn Over?

Publicado em | 0 comentários

Entenda o que é turn over e suas principais causas | crédito de imagem: minervastock

Turn over é o termo utilizado no universo Corporativo para se referir a rotatividade de pessoas, ou seja, a entrada e saída de funcionários em uma empresa. Uma grande preocupação para profissionais de Recursos Humanos, visto que, no Brasil foi identificado 82% de turn over nas organizações; um percentual discrepante com relação ao cenário mundial de apenas 38%, segundo pesquisa realizada pela Robert Half consultoria.

Maiores Motivos que Geram Turn Over

A alta rotatividade é causada por alguns fatores cruciais, nos quais, devem receber atenção devida para evitar que esse cenário desfavorável aconteça em sua organização. Confira:

Baixa remuneração

Um dos fatores mais desmotivantes para um profissional é não ter seu retorno financeiro de maneira justa. O crescimento financeiro é objetivos de todos, além de ser uma forma de reconhecimento diante do empenho e dedicação do funcionário.

É preciso oferecer remunerações alinhadas com o mercado, mas essa atenção com relação a salários deve partir também do próprio profissional. Ao se candidatar para determinada vaga, é indispensável certificar-se a respeito do valor oferecido bem como benefícios oferecidos, para avaliar se estão alinhados com suas necessidades.

Inexistência de Plano de Carreira

Plano de carreira é uma estrutura definida pela organização sobre cargos e salários. Trata-se de um caminho a ser seguido para que o profissional tenha clareza de como ele pode crescer na empresa, o que é necessário para conseguir essa evolução e até onde é possível chegar.

É fundamental que a empresa possua um plano de carreira claro, objetivo e bem estruturado, pois deste modo, o colaborador terá um norte a ser seguido, e se sentirá confortável sabendo que seus esforços serão reconhecidos ao suprir os requisitos necessários para seu crescimento na organização. Além de não gerar expectativas errôneas e frustrações futuras por parte do colaborador.

Demandas incompatíveis

O profissional se sente lesado quando entra em uma empresa para exercer determinada função e depois é solicitado para realizar tarefas que não fazem parte de seu cargo/função.

Ao desempenhar demandas saem do foco de sua área, acaba limitando o aprimoramento, fazendo com que perca a oportunidade de adquirir domínio e maestria na atividade a que se candidatou inicialmente e possui real interesse.

Falta de tempo para a vida pessoal

Conciliar a vida pessoal e profissional, tem se tornado uma missão cada vez mais desafiadora mediante um mercado altamente competitivo da sociedade globalizada, no entanto, uma busca indispensável para se sentir minimamente feliz e motivado, fator este, que quando não alcançado leva o indivíduo ao desequilíbrio físico e mental.

Desta forma, quando o funcionário é muito exigido e se vê na necessidade de ter que abdicar grande parte de seu tempo exclusivamente para o trabalho, ao longo do tempo sentirá desgastado, desmotivado, improdutivo e com saúde abalada. Portanto, ao chegar no limite se verá obrigado a buscar outras alternativas de trabalho.

Clima organizacional desfavorável

Se sentir confortável no ambiente de trabalho, onde passamos maior parte do tempo, é primordial. Problemas relacionais, com colegas ou gestor, ou ainda falta de condições básicas como uma temperatura agradável, mesa e cadeira de qualidade, entre outras ferramentas necessárias para exercer a atividade são fatores que acabam deixando o clima organizacional pesado.

É preciso promover uma cultura colaborativa, engajada e motivadora. Direcionar esforços para que os colaboradores se sintam importantes, reconhecidos e respeitados pela organização. Essa atenção gerará um grande impacto nos resultados da empresa. Investir no capital humano gera benefícios tanto para funcionários que se sentem valorizados quanto para empresa que ganha aumento de produtividade.

Falha na Liderança

Grande parcela da rotatividade dos profissionais se atribui também aos líderes, que possuem a missão de serem intermediadores, conciliando os objetivos da empresa ao dos colaboradores para que ambos consigam atingir seus objetivos e se sintam satisfeitos com o resultados obtidos.

Algumas falhas comportamentais na gestão como, intolerância, imposição, individualismo, não saber compreender e ser compreendido, falta de reconhecimento, temor ao crescimento do liderado, falta de empatia e entusiasmo, são fatores que aumentam o turn over.

Por fim, toda instituição é constituída de seres humanos, de alma, de essência. Portanto, finalizar o dia e entender porque valeu a pena é um ato simples e poderoso. Logo, te convido a refletir: Sua empresa tem proporcionado este sentimento aos seus funcionários?

Renove a energia de seus colaboradores, pois são eles que fazem a engrenagem girar a todo vapor para que a organização cresça continuamente. Cuide de seu maior ativo!

Este artigo foi útil para você? Lembre-se de comentar e compartilhar o conhecimento com seus amigos.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!