Voltar

O que é a psicologia motivacional e como ela funciona?

Publicado em | 0 comentários
desenho feliz no meio de desenhos tristes

© Depositphotos.com / PixelsAway A psicologia motivacional é uma abordagem que observa o comportamento do ser humano em diferentes situações, avaliando sua reação a diferentes estímulos.

A psicologia motivacional é uma abordagem que observa o comportamento do ser humano em diferentes situações, com o objetivo de tentar compreender o que leva o indivíduo a se sentir motivado e como ele reage aos diferentes estímulos.

Cada pessoa é estimulada de uma forma diferente, pois sua compreensão de mundo é particular e moldada de acordo com suas experiências anteriores. Deste modo, o que pode ser motivador para um, pode não ser para o outro.

A motivação influencia diretamente o estilo de vida, as decisões tomadas e até preferências como a escolha de um filme, a forma de vestir, e o grupo de amigos. Questões de maior peso, como morar fora do país, também sofrem influência da motivação. Isso porque o indivíduo pondera aspectos como: O que motiva mais? Vivenciar uma nova experiência? Conhecer pessoas de culturas diferentes? Conquistar independência e autonomia?

Cada um possui suas próprias motivações de acordo com o que considera importante ou significativo para si.

Tipos de motivação

O psicólogo americano David McClelland (1917-1998) realizou um estudo no qual identifica três tipos de motivação que impulsionam o ser humano. São eles:

Realização

Diz respeito a pessoas que se sentem motivadas em alcançar a excelência em suas atividades e querem conquistar seus objetivos por seus próprios méritos. Ficam revigoradas quando conseguem realizar seus projetos, sentindo-se competentes e capazes.

Afiliação

Pessoas que se sentem motivadas por afiliação são aquelas que priorizam os relacionamentos interpessoais. Um ambiente agradável é determinante para seu bem estar, e sua principal necessidade é se sentir aceito e estabelecer uma relação sustentável com os outros.

Poder

No caso das pessoas motivadas por poder, existem dois tipos de influência:

Poder pessoal – gostam de determinar as regras dentro de seus ciclos sociais. Geralmente possuem o perfil dominante e se sentem incomodadas em permitir que o próximo expresse sua opinião individual.

Poder institucional – apresentam habilidade de organização e delegação, e sempre se prontificam a instruir e orientar para que o objetivo do grupo seja alcançado. O senso de liderança dessas pessoas é notório.

Segundo McClelland, todas as pessoas são afetadas pelos três tipos de motivação, mas em diferentes níveis de intensidade.

O autoconhecimento, portanto, é um fator fundamental para o processo de evolução do indivíduo. Isso porque, com a compreensão de suas verdadeiras motivações, fica mais fácil tomar decisões assertivas, tanto no aspecto pessoal quanto profissional.

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe o conhecimento com seus amigos.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!