Voltar

O que colocar em um currículo?

Publicado em | 0 comentários
mãos segurando currículo

© Depositphotos.com / senkaya Para tornar o currículo mais atraente, a primeira coisa a ser feita é conhecer o perfil da vaga pretendida e fazer um modelo adaptado à empresa.

Para quem está em busca do primeiro emprego ou de uma recolocação profissional, as informações apresentadas no currículo são decisivas para entrar em um processo de seleção. Entretanto, a maioria dos candidatos ainda tem dúvidas na hora de fazer este resumo de suas experiências e conhecimentos profissionais.

Para tornar o currículo mais atraente, a primeira coisa a ser feita é conhecer o perfil da vaga pretendida e fazer um modelo adaptado à empresa, destacando apenas as informações compatíveis com cargo em questão. Por isso, é fundamental seguir algumas regras poderosas, que favorecem suas chances de ser contratado para o emprego desejado.

Como estruturar o currículo

Ao fazer o currículo, é importante destacar suas principais competências. Por isso, deixe as informações mais atraentes em evidência. Formação escolar, domínio de idiomas, experiências profissionais, especializações e participação em serviços de voluntariado estão entre elas.

O passo seguinte é a adaptação: se, por exemplo, a oportunidade é para atendimento ao público, destaque os treinamentos comportamentais e técnicos realizados nesta área, bem como suas experiências anteriores. Neste caso, ressalte também o nível de conhecimento da língua escrita e falada, e sua facilidade na comunicação e nos relacionamentos interpessoais.

Vale ressaltar que, no currículo, menos pode ser mais. O ideal é que o documento tenha, no máximo, duas páginas que apresentem resumidamente todos os dados pessoais e qualificações profissionais. Isso é necessário porque os recrutadores não podem perder tempo na seleção de candidatos, e contar com currículos com informações exatas acelera bastante o processo de recrutamento e contratação.

Quais informações colocar

  1. Nome completo, endereço e contatos de email e telefone;
  2. Objetivo profissional, informando a vaga pretendida;
  3. Histórico profissional: destaque suas três últimas experiências, começando pela mais recente. Caso ainda não tenha nenhuma experiência, coloque seus trabalhos voluntários, atividades desenvolvidas na escola, igreja, grupos e aptidões desenvolvidas nestas áreas;
  4. Histórico escolar: formação acadêmica, cursos, especializações ou nível de escolaridade (Ensino médio completo, por exemplo);
  5. Conhecimentos em informática, softwares, internet e idiomas;
  6. Cursos extracurriculares compatíveis com a vaga;
  7. Programas de intercâmbio e voluntariado.
  8. Nunca coloque números de documentos pessoais;
  9. Informe pretensão salarial somente quando solicitado;
  10. Erros de ortografia, gramática e concordância;
  11. Adicione fotos apenas se a empresa solicitar. Caso solicite, evite colocar imagens em trajes como biquíni, sunga e portando bebidas;
  12. Cores fortes e fontes coloridas e chamativas. Prefira sempre a sobriedade, e use os modelos padrão;
  13. Informações incompatíveis com a vaga. Antes de candidatar-se, verifique se suas competências são realmente compatíveis com o emprego ofertado. Exemplo: vaga para professor de Português e formação em Biologia.

O que evitar

Quer potencializar ainda mais os seus resultados profissionais e valorizar seu currículo? Invista em aprimoramento e evolução contínua. Faça uma Formação em Coaching!

Gostou das dicas? Já elaborou seu currículo? Conte-nos sua experiência!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!