Voltar

O Poder do Nosso DNA

Publicado em | 0 comentários
DNA

Lonely/Shutterstock O DNA humano traz informações que vão além da carga genética

Estudos de cientistas russos afirmam quem nosso DNA, não apenas carrega informações genéticas, mas também possui funções ditas mediúnicas como telepatia, irradiação e contato interdimensional! Eles dizem que nosso DNA é um biocomputador, que através de pesquisas científicas explicam os fenômenos como clarividência, intuição, cura espontânea, autocura, entre outros.

Quando iniciado os estudos sobre genética e DNA, descobriu-se apenas 10% das suas funções. Os outros 90% acreditaram que não havia funcionalidade para os seres humanos, considerando-os “DNA LIXO”. Por se tratar, o DNA, de um composto orgânico, complexo, que contém informações genéticas, alguns cientistas, contestaram esse primeiro estudo, pois não compreendiam como nosso corpo carregava um elemento tão complexo que não tivesse 100% das suas funções ativas.

Assim surgiu uma equipe de pesquisa, encabeçada pelo biofísico russo e biólogo molecular Pjort Garjajev, que tinha por finalidade desvendar os 90% do nosso DNA, que até então não passava de DNA Lixo, sem compreensão. E sobre os resultados discorreremos a seguir.

A pesquisa concluiu que:

1º Nosso DNA tem capacidade telepática

Os cientistas descobriram que nosso DNA é receptor e transmissor de informações, além do tempo e espaço. Foram descobertos o chamado “buracos de minhoca” magnetizados, que são os padrões que atuam no vácuo gerado pelo nosso DNA. São fissuras microscópicas, muito parecidas com os buracos produzidos pelas minhocas, por isso o nome.

Compreende-se que esses buracos são túneis de conexões, entre áreas diferentes do universo, onde as informações são repassadas fora do espaço e tempo. Sendo que nosso DNA captura as informações, fora do espaço/ tempo, e as incorpora nas células, consequentemente para nossa consciência. Os cientistas a consideram a internet do nosso corpo, que funcionaria em uma espécie de rede transmissora de informação, porém mais avançada e sem tecnologia, digamos, mecânica.

Nesse sentido, podemos constatar que nosso DNA possui, o que podemos chamar de telepatia interespacial e interdimensional. Ou seja, ele está aberto à troca de informações com o mundo externo e mostra-se suscetível a essa comunicação. Esses estudos explicam fenômenos, antes considerados um tanto quanto exotéricos, como a clarividência, intuição, cura espontânea, autocura, entre outros.

2º Reprogramação do DNA através da mente e das palavras

A equipe de pesquisa, comandado por Garjajev, afirma que nosso DNA possui uma linguagem própria, muito semelhante a linguagem humana, que leva a concluir que o DNA compreende palavras emitidas por nossa mente e por nossa voz, tornando-se influenciável por elas. Esse fato contribui para a compreensão e eficácia de técnicas de afirmação, de hipnose e de visualizações positivas.

Uma constatação interessante, ou até mesmo impressionante, é que se adequarmos nossa linguagem verbal e dos nossos pensamentos, podemos reprogramar nosso DNA, através desse recebimento de novas informações que estão sendo transmitidas. Após o DNA receber e organizar essas informações, sejam palavras ou imagens do pensamento, ele inicia o processo de transmissão para todas as células e moléculas do nosso corpo, que começam a ser comandadas utilizando este novo padrão de informações emitido pelo nosso DNA.

Com essa pesquisa, os cientistas russos estão conseguindo reprogramar o DNA de organismos vivos, utilizando as frequências de ressonância de DNA, obtendo resultados importantes e positivos, com atenção especial na regeneração de DNA danificado. Para que isso ocorra, os cientistas utilizam Luz Laser codificada como a linguagem humana, transmitindo informações saudáveis ao DNA, sendo que essa técnica já está sendo utilizada em hospitais universitários localizados na Europa, obtendo sucesso em alguns tipos de câncer de pele, e o mais interessante, sem cicatrizes.

3º O DNA responde à interferência da Luz Laser

Nessa mesma linha de pesquisa, o também cientista russo, Dr. Vladimir Poponin, introduziu o DNA em um tubo, lançando feixes de luz através dele. Ao retirar o DNA do tubo, constatou – se que a Luz Laser continuava em formato de espiral no DNA, formando um novo campo magnético ao redor do mesmo.

A conclusão é de que o DNA irradia a luz que recebe. Podendo afirmar que ele transmite a informação que recebe. Esse estudo conduziu os cientistas a compreenderem de forma mais ampla, nossos campos magnéticos, e as irradiações emitidas por pessoas que possuem dons de cura, os conhecidos curadores e sensitivos.

Os envolvidos nessa pesquisa acreditam que essa é apenas uma pequena parte do que ainda pode ser descoberto. Porém, elas nos alimentam de informações importantes acerca dos nossos padrões de linguagem e pensamentos, que devem ser conduzidos de maneira positiva. Por isso devemos cuidar dos nossos pensamentos e das imagens geradas por ele, com o intuito que o mesmo auxilie em uma boa saúde, bem – estar e a harmonia.

*Informações extraídas da obra “Vernetzte Intelligenz” von Grazyna Fosar und Franz Bludorf.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!