Voltar

O Poder do Autoconhecimento através do Self Coaching

Publicado em | 0 comentários

Depositphotos | Maridav Existem diversos métodos e técnicas para que você possa encontrar o que há de mais precioso dentro de si

Começarei este maravilhoso artigo, que desejava escrever já há muito tempo, tratando do poder do autoconhecimento através do Self Coaching. Na verdade, seria necessário uma obra inteira para tratar apenas desse tema, mas este artigo será um bom início para compreendermos de que tipo de atividade estamos tratando.

Você perceberá que às vezes falarei com você de forma mais direta e outras de forma mais científica. Isso é necessário porque, afinal, estamos lidando, de um lado, com pesquisas de grandes cientistas, filósofos, psicólogos, médicos e sociólogos, e, de outro lado, estamos aprendendo a como exercer nosso ofício como coaches de maneira cada vez mais eficaz, ética e profissional.

Assim, começaremos conhecendo um pouco do Self Coaching como abordagem teórica e metodológica e em seguida conheceremos o Coaching Positivo. É claro que o Coaching Positivo também tem um viés de business, e isso é absolutamente verdadeiro, mas sua origem está no trabalho do desenvolvimento do Self.

Uma Poderosa Metáfora

Leia comigo o belo texto que segue:

O ponteiro do relógio central já marcava 16h30, o céu estava pintado com tonalidades de um rosa alaranjado. A brisa que, suavemente percorria pelo parque levava consigo as folhas secas que caiam mansamente das árvores. O vento já não era tão morno pois o Sol começava a dar seus primeiros sinais de despedida. Por todo parque era possível observar algumas crianças brincando livremente, enquanto os adultos em constante vigilância observavam com olhos inquietos o vai e vem dos pequeninos.

Em um banco qualquer, estava sentando um jovem que aparentava ter seus 25 anos de idade, não era nem alto nem baixo, estava vestido como um estudante, calça jeans, camisa de malha e uma barba por fazer. Em seu colo repousava uma mochila, já surrada, e suas mãos sustentavam um livro.

Os olhos do jovem estavam atentos e com ligeireza percorriam as letras miúdas do exemplar, como se aplacassem uma imensa ânsia de possuir todo o conhecimento contido na obra. Um senhor de idade com barbas e cabelos brancos começou a se aproximar a passos largos até o banco no qual o jovem estava sentado, olhou para o garoto e perguntou se poderia sentar ali. Para não ser indelicado o jovem consentiu com um gesto afirmativo.

Então, o senhor indagou:

_Nossa! Como essas caminhadas me deixam cansado. Mas, como o próprio médico me disse, é para minha saúde. E Deus me livre desobedecer ao doutor. O Jovem estava tão entretido com a leitura que apenas deu um sorriso amarelo no canto direito da boca, numa tentativa de parecer interessado no que o senhor dizia. Mas, percebendo isso o idoso comentou:

_ Desculpe meu filho! Estou atrapalhando sua leitura. Deixe-me ir.

_Não! O senhor não precisa ir embora, já estou de saída. E fechou o livro.

Ao fechar o livro o velhinho reparou no título e viu estampado na obra o seguinte: “A Arte de Ser Feliz – Arthur Schopenhauer”. E disse em seguida:

_ O que um garoto novo como você procura num livro que trata sobre a felicidade?

_Coisas!

_Coisas?

_É! Sei lá… Estou com tantas dúvidas.

_Filho, você acha que ao término do livro irá encontrar respostas para todas as suas dúvidas?

_Acho que sim! Pelo menos eu tento mudar a minha vida sem graça. Quem sabe eu não acho algo que me sirva.

O jovem de repente estava se levantando, quando o senhor o segurou pelo braço e disse:

_ Fui professor de filosofia durante vários anos de minha vida. Hoje, estou aposentado e posso lhe garantir que o que Schopenhauer propõe é uma tentativa de nos livramos e evitarmos a dor e o sofrimento como uma forma de vivermos felizes. Talvez suas dúvidas sejam maiores do que esta proposta apresentada por Arthur Schopenhauer.

Violentamente o garoto pega a mochila do seu colo, abre o zíper e joga o livro bruscamente para dentro, fecha a mochila e diz:

_Acho que nunca vou encontrar a felicidade, ela parece ser inalcançável e eu estou cansado disso tudo. O velho responde:

_Como não? A felicidade está diante dos seus olhos!

_Como assim, diante dos meus olhos?

_Isso mesmo! Está vendo esta árvore em nossa frente? Ela é a própria felicidade. Veja como as coisas são simples. Todos os homens são parecidos com as árvores, mas eles estão cegos para as coisas simples da vida. Só pensam em trabalhar, trabalhar e trabalhar, com isso acabam deixando o essencial para depois.

Pense comigo, para que uma árvore cresça e dê bons frutos precisamos fertilizar a terra, tirar as ervas daninhas, abrir pequenos caminhos no solo e plantar as sementes, certo?

_Certo!

_Pois bem, quando foi a última vez que você adubou seu coração, tirou as ervas daninhas e sentimentos negativos e abriu-se para que novos sentimentos pudessem brotar?

O jovem ficou meio sem jeito. Abaixou a cabeça e decidiu continuar escutando o que o senhor havia para lhe dizer.

_Está percebendo como as árvores são muito parecidas conosco?

Mas, isso é só o começo. Para que aquela semente cresça, ela precisa de água fresca, luz solar e vários nutrientes. Quando foi a última vez que você se nutriu de bons conhecimentos, procurou se aproximar da luz, do bom, do bem e do belo?

Dessa vez o nosso garoto ficou um pouco constrangido e falou baixinho:

_Não me lembro.

E o velhinho continuou:

_As árvores vão crescendo à medida que vão recebendo mais luz, nutrientes e água. Desse modo, chega um momento em que ela começa a dar frutos. E os frutos serão reflexos daquilo que ela se nutriu. Ou seja, se a terra for fértil e rica em nutrientes os frutos serão belíssimos e doces, mas se a terra for seca, os frutos serão pequenos e azedos.

Pense um pouco e veja que os frutos são nossos atos, aquilo que doamos para as pessoas. Se nossos pensamentos forem positivos, estaremos refletindo bons comportamentos, mas se nossos pensamentos forem negativos e tempestuosos, nossos atos e comportamentos irão refletir isso. E ninguém irá se aproximar de nós.

Quando uma árvore dá bons frutos ela deixa as sementes, que serão replantadas e darão vida a outras árvores. Mas, quando uma árvore não dá frutos ou os frutos são de péssima qualidade, dificilmente uma nova árvore irá nascer, e se surgir, será fraca e suscetível ao ataque de fungos e insetos.

Quais são os frutos que você está doando meu jovem, são bons ou maus frutos? As coisas são mais simples do que parecem. Não precisamos de tratados para encontrarmos as respostas para nossas dúvidas.

Lembre-se que a felicidade está nos olhos de quem vê. As respostas para suas dúvidas estão dentro de si mesmo. Não procure fora. Você é o maior filósofo, psicólogo e pensador para o seu EU. Não há ninguém que o conheça melhor do que você mesmo.

O jovem ficou cabisbaixo como se entendesse que o velhinho estivesse acobertado de razão. Então o senhor disse:

_Sabe por que eu decidi sentar neste mesmo banco que você?

_Não! Por quê?

_Eu e minha esposa tínhamos o costume de passear todos os fins de tarde de mãos dadas, e quando dávamos uma volta inteira no parque, sentávamos neste mesmo banco e atentos esperávamos que as primeiras estrelas do céu surgissem. Nunca deixamos que a rotina diária atrapalhasse nosso passeio sagrado nos fins de tarde.

Mas, há cerca de um ano ela faleceu. E eu religiosamente venho lhe fazer companhia neste banquinho após minhas caminhadas. Admiro o céu e vejo que ela agora faz parte de uma daquelas estrelas que daqui a pouco vão surgir.

O jovem disse:

_Sinto muito!

O senhor, já com lágrimas no canto dos olhos, disse:

_A semente que nós plantamos deu um belo fruto, e ele se chama AMOR. Fico feliz que ela tenha partido primeiro que eu, seria insuportável para mim saber que ela iria sofrer com minha ausência.

Nosso sentimento, nossa felicidade e nossa comunhão foram reflexos do que aprendemos com as árvores.  Para que pudéssemos entender um ao outro, tivemos que olhar primeiro para dentro de nós.

Tiramos nossas ervas daninhas e assim começou a brotar o amor. Até hoje trago o sentimento de felicidade comigo, e lhe digo, a felicidade está dentro de você, só basta olhar para o lugar certo. O jovem emocionado e convencido daquilo que o velhinho havia lhe dito, apertou a mão dele e disse em seguida:

_Muito obrigado! O senhor me mostrou o caminho para a verdadeira felicidade, pois grande parte das respostas para nossas dúvidas estão dentro de nós, agora entendi o poder do autoconhecimento. Depois ambos se abraçaram, o frio já começava a marcar presença. O velhinhopuxou um casaco, se agasalhou e ficou olhando para o céu com um sorriso sereno. O jovem partiu com passos firmes e com uma certeza estampada no rosto, de que ele iria procurar a sua estrela.

Compreendendo o Poder do Autoconhecimento

O conto representa o drama pessoal de muitos de nós, quevivemos incessantemente em busca da felicidade e de outros sentimentos que possam preencher o vazio que há dentro do peito.

Diante disso, inicia-se uma corrida desenfreada por respostas.Essa corrida é tão ligeira que acabamos nos esquecendo de observar as respostas que estão bem próximas de nós, ou melhor, dentro de nós. Segundo algumas tradições orientais, o homem já possui dentro de si todas as soluções para suas dúvidas, ele só precisa saber acessar a sua inteligência superior ou essência, quepode ser traduzida por Self. Existe um aforismo de Sócrates que traduz essa mensagem: “Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o Universo e os deuses”.

Portanto, podemos compreender que o autoconhecimento é importante para que possamos nos tornar senhores de nossas escolhas, conscientes de nossas posturas e líderes de nós mesmos. Aquele que se conhece sabe aonde quer chegar, para onde quer ir, e o que fazer para alcançar sua realização pessoal.

Mas, você deve estar se perguntando: Como eu faço para acessar esse lado subjetivo que há dentro de mim? A tarefa não é fácil, mas não é impossível.

Existem diversos métodos e técnicas para que você possa encontrar o que há de mais precioso dentro de si, além de ajudar outras pessoas nessa mesma tarefa. Imagine a seguinte situação: você acaba de receber um mapa contendo as instruções para encontrar um tesouro que vale milhões em barras de ouro. Mas, para chegar até esse tesouro, será preciso fazer uma longa viagem, enfrentar alguns desafios e mergulhar profundamente em um ponto do oceano para resgatar esse prêmio. Você estaria disposto a encarar este desafio?

Agora imagine que o tesouro é o seu EU, aquilo que há demais divino dentro de você. Nós daremos as instruções (mapa) para que você possa trilhar essa caminhada rumo ao encontro com o seu EU. Contudo, nesta viagem, será preciso superar medos, enfrentar desafios (programações mentais negativas), e mergulhar profundamente para dentro de si até encontrar o verdadeiro ouro, que é o conhecimento. Você quer ser feliz e bem-sucedido? Então, comece a se conhecer e a viver em equilíbrio com as leis universais. O ser humano é um microcosmo, uma cópia do que há no macrocosmo, que é o Universo.

Uma das metodologias que possibilita o “empoderamento do EU” e o equilíbrio é o Coaching. Portanto, te convido rumo a essa jornada, cuja principal missão será, vencer os obstáculos que lhe privam de crescer e de despertar todo potencial que há em você.

Estamos acostumados a ver nos noticiários informações quetratam das constantes mudanças que estão ocorrendo por todo o mundo. Alguns chamam estas mudanças de globalização, outros de avanço tecnológico e tantos outros chamam de progresso. Independente da denominação, o fato é que estas mudanças estão afetando a forma como nos relacionamos uns com os outros.

A busca incessante por mais conhecimento, por uma vaga no mercado de trabalho e a vontade de sempre querer ter mais e mais, acabam forjando o modelo do homem contemporâneo, que parece ser mais reservado, ansioso, carrega consigo uma sensação constante de medo e insegurança, e sempre vive em busca de algo.

Não é por acaso que no Google existe mais de 90 mil buscasmensais pela palavra felicidade. Afinal, o que é este sentimento que promete mudar nosso estado de humor e proporcionar uma sensação de contentamento e alegria? A fórmula da felicidade já é alvo de indústrias farmacêuticas como uma tentativa de vender este sentimento em cápsulas.

A verdade é que estamos passando por um momento de crise, mas não é uma crise política nem econômica, é uma crise com o nosso EU. O EU pode ser traduzido como espírito, essência divina, Mônada, ou aquilo que há de mais elevado no homem. Quando nos sentimos infelizes, isso significa que estamos em desequilíbrio com o nosso EU, e acabamos passando por dificuldades. Estas dificuldades representam nossas dúvidas, incertezas, medos, angústias, apreensões, doenças e programações mentais negativas.

O Self Coaching como Apoio

O Coaching surge como uma resposta para essas dificuldades e crenças limitadoras, propondo soluções que visam impulsionar o indivíduo rumo ao sucesso.

Mas, o que é o sucesso? O sucesso é tudo aquilo que você deseja alcançar, seja na sua vida pessoal ou profissional.

Diferente do que muitos pensam, o Coaching não é apenasum treinamento. O conceito é bem mais amplo, e podemos defini-lo como uma poderosa metodologia voltada para o desenvolvimento de habilidades e competências que estão latentes dentro de cada um de nós.

O processo de Coaching é conduzido pelo coach (profissional especializado em Coaching), visando auxiliar o coachee (cliente) a definir metas e objetivos de curto, médio e longo prazo, que serão acompanhados e analisados no decorrer do tempo para avaliar os progressos do cliente.

O Coaching faz uso de técnicas e procedimentos de outras ciências afins, como a Neurociência, a Hipnose Ericksoniana, a Programação Neurolinguística (PNL), a Psicologia Positiva, a Terapia Comportamental, entre outras, visando maximizar e acelerar os resultados.  Ainda posso acrescentar que o Coaching é bastante utilizado para diversas finalidades, como treinamento de equipes, desenvolvimento da liderança (LeaderCoach), auxílio na automotivação, superação de bloqueios, despertar habilidades corporativas, profissionais e mudar o estilo de vida.

Didaticamente o Coaching pode ser dividido em Profissional Coaching(Coaching Profissional/Carreira), Business andExecutive Coaching(Coaching Corporativo) e Life Coaching(Coaching de Vida). Dentro do Life Coaching existe uma subdivisão denominadaSelf Coaching.

O Self Coaching é a forma mais eficiente parao autoconhecimento e autodesenvolvimento, pois seu processo é voltado especificamente para promover uma conexão íntima com o seu EU mais autêntico, através da compreensão clara e alinhamento de valores, propósitos e missão de vida.

Permita-se Ousar ir Além!

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe o conhecimento com seus amigos!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!