Voltar

O Papel do Empreendedor na Sociedade

Publicado em | 0 comentários

Syda Productions/Shutterstock Os empreendedores são fundamentais para a sociedade e estão salvando o Brasil

Fundamental: essa é a melhor definição para o papel do empreendedor na sociedade. A frente de pequenas, médias e grandes empresas; estes líderes contribuem diretamente para o crescimento da economia do nosso país, para a promoção de emprego e especialmente para a melhor distribuição da renda.

Quando há um cenário propenso, os empreendedores conseguem desenvolver seus empreendimentos e alavancar os resultados de seu negócio continuamente. Quando não há, isso não é problema, eles fazem deste desafio uma oportunidade de ir além e buscam nas adversidades chances reais de atender determinados nichos, capitalizar sua empresa e realizar seus sonhos.

Esta é a grande força do empreendedor na sociedade: fazer acontecer, mostrar sua ousadia, enfrentar as dificuldades com resiliência, ser criativo, inovador para saber transformar suas oportunidades em grandes triunfos. Além disso, quando tudo isso é aliado a fatores como: bom planejamento, conhecimentos do mercado, gestão efetiva do negócio, organização das ações e definição clara de metas e objetivos; suas chances de fazer dar certo são ainda maiores.

Consequentemente, se a empresa vai bem; mais dinheiro entra no caixa; mais funcionários podem ser contratados e mais clientes podem ser atendidos. Tudo isso gera o ciclo de abundância necessário a que a economia cresça e o Brasil possa crescer também.

Os empreendedores geram dinheiro, impostos e arrecadação; o que é essencial para que as finanças do país também possam crescer e, serem revertidas em benefícios para a sociedade, para a nossa população. Além disso, ao abrir um negócio, o empresário promove seu bairro, sua cidade, sua região e faz crescer tanto as suas chances como as chances deste local de expandir e ter mais empregos e renda.

O Papel do Empreendedor na Crise

Num momento como o atual, onde milhões de profissionais brasileiros perderam o emprego, o empreendedorismo ganha destaque não apenas como uma alternativa ao desemprego, mas especialmente, como o impulso que faltava para estas pessoas tirarem seus sonhos do papel e realizar sua vontade de empreender.

Neste sentido, segundo uma recente pesquisa realizada pela Boa Vista Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), o número de empresas abertas, no primeiro trimestre, de 2016, subiu 6,4% em relação ao ano anterior. Isso demonstra, na prática, como o empreendedorismo no Brasil cresce mesmo na crise e ajuda a impulsionar nossa economia e a geração de empregos.

De acordo com o levantamento, quem elevou estes números foram os microempreendedores individuais (MEIs) que juntos, abriram 76,7% das novas empresas no país. Estes dados só confiram uma frase do bilionário e visionário empresário brasileiro, Jorge Paulo Lemann – Os empreendedores salvarão o Brasil! Aliás, já estão salvando!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!