Voltar

Metáfora Sobre a Prioridade das Coisas

Publicado em | 0 comentários

EKS/Shutterstock Na vida é essencial definir o que vem em primeiro lugar e focar nestes objetivos

Um mestre foi questionado por seu discípulo sobre a real importância das coisas. Ao invés de responder-lhe a pergunta, pediu a ele que pegasse um vaso de boca larga e colocasse algumas pedras dentro dele.

Assim feito, o mestre perguntou ao discípulo:

— O vaso está cheio?

— Sim! — respondeu o discípulo.

Então o mestre pediu que ele colocasse um monte de pedri­nhas miudinhas dentro do vaso que já parecia cheio.

— E agora, o vaso está cheio?

— Sim!

Novamente, o mestre pediu que colocasse areia fina dentro do vaso.

— E agora, está cheio?

— Sim!

Então, o mestre pediu ao discípulo que colocasse água dentro do vaso com as pedras, as pedrinhas e a areia.

Prontamente o discípulo tomou a palavra e disse:

— Já entendi mestre! A real importância das coisas está na forma como elas são armazenadas!

— Não! — respondeu o mestre — o vaso só pode estar cheio dessa forma porque as grandes coisas foram colocadas primeiro, depois as menores, até o líquido.

Fez uma pausa de reflexão e continuou…

— Assim também é a vida. Se você priorizar as coisas gran­des, aquelas que são realmente importantes, como sua família, amigos, seu desenvolvimento pessoal, sua felicidade, sua consciência e valores, todas as pequenas também caberão. Assim, se você se ocupar dema­siadamente com as pequenas coisas, as outras não terão espaço!

Moral da História – Esta metáfora é importante para refletirmos sobre nos­sas prioridades. Ela mostra como o supérfluo ou nossas autossabotagens invertem a importância das coisas.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!