Voltar

Materialismo – Você pode estar prejudicando sua vida

Publicado em | 0 comentários

Eduard Derule/ Shutterstock O Materialismo faz as pessoas acreditarem que elas precisam ter para ser…

Ter para ser. Essa parece ser a lógica dos novos tempos. Imersos nos modelos de consumismo, onde ter mais representa: mais prestígio, mais reconhecimento e mais respeito social, o Materialismo se caracteriza por um estilo de vida que prioriza a valorização aos bens materiais.

Segundo esta corrente filosófica, defendida por pensadores como: Gottfried Leibniz, Karl Marx e Friedrich Engels, o Materialismo é uma forma de compreender a sociedade, por meio de suas evoluções econômicas e políticas, e, de entender, como isso culmina na produção e consumo de bens.

Na prática podemos ver cada vez mais uma distorção dos valores, onde as pessoas, para sentirem-se pertencentes a determinados grupo sociais, são encorajadas a acreditarem que precisam consumir sempre mais para serem mais também. Esse consumismo desenfreado causa sérios prejuízos, tanto no aspecto financeiro como também emocional, e também podem esconder problemas psicológicos graves.

Enfrentando o Materialismo

Responda sinceramente – Você precisa ter para ser? Seus bens materiais representam quem você é na essência? Você é feliz tendo que provar o tempo todo que é capaz de comprar e ter as mesmas coisas que os seus amigos? As coisas que compra lhe fazem mais feliz? Como você realmente gostaria de levar sua vida?

Essas perguntas trazem reflexões importantes e que podem ajudar você a repensar seus comportamentos de consumo. Não é o que você possui que lhe faz alguém melhor ou superior, mas sim o modo como você se relaciona consigo, com sua família, seus amigos e trata as pessoas à sua volta.

Não basta ter tudo e sentir-se vazio, triste e solitário. Comprar causa um bem-estar momentâneo, que só pode aplacar, por alguns instantes, os teus vazios existenciais. Livre-se de pressões desnecessárias e afaste-se das pessoas que estão com você pelo que você tem e não pelo que é.

Por mais que as convenções econômicas e sociais digam o contrário, e nos imponham o consumo, como forma de sermos reconhecidos, saiba além dos bens, existe vida. Aproveite mais as coisas simples, os momentos em família ou mesmo sozinho, conheça melhor sua essência e mova-se por aquilo que realmente lhe faz feliz.

Não por acaso nascemos sem nenhuma roupa ou bem. Esta é uma metáfora de Deus, nos dizendo que não precisamos de muito. Por isso, não invente necessidades ou motivos para consumir, quando você pode alimentar seu espírito de boas emoções e tornar-se alguém infinitamente melhor. Permita-se!

Gostou do artigo? Aproveite e compartilhe em suas redes sociais!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!