Gerenciamento de crise pessoal

Por: José Roberto Marques | Blog | 07 de outubro de 2015
Gerenciamento de crise na vida pessoal

Desenvolver Inteligência Emocional é essencial para superar os momentos de crises pessoais. / Copyright: Andrey Popov.

Ao longo de nossa vida passamos por muitos momentos difíceis e, estas situações, muitas vezes, testam severamente a nossa resiliência. Entretanto, saiba que é perfeitamente possível superar as dificuldades se soubermos fazer um gerenciamento de crise pessoal assertivo e eficaz.

 

Quais são as crises pessoais?

Problemas no relacionamento afetivo, desentendimentos com familiares e amigos; falta de gestão financeira e doenças: são algumas das adversidades que nos levam ao sofrimento emocional. Para enfrentar estas questões, de frente, é preciso estar disposto a assumir as responsabilidades por suas escolhas, como também por seus erros e acertos. Este comportamento proativo é o que permite encontrar as melhores formas para solucionar os problemas.

Ainda assim, muitas pessoas preferem ignorar suas dificuldades e seguir suas vidas como se nada estivesse acontecendo. Este bloqueio é bastante negativo, pois mostra imaturidade dos indivíduos em lidar com suas lacunas pessoais e resolvê-las definitivamente.

O mesmo ocorre com aqueles que preferem terceirizar suas responsabilidades e atribuir, a outras pessoas, a função de resolver suas questões pendentes. Ao invés de enfrentar as consequências, estas pessoas optam por esconder-se atrás de parentes e amigos.

Neste contexto, podemos citar os exemplos dos pais que pedem aos avós e tios, para conversarem com seus filhos problemáticos, quando na verdade a responsabilidade pela educação é sua, ou ainda, o da namorada ou do namorado que pede, aos amigos, para convencerem seu parceiro a reatar o relacionamento.

Dicas para Gerenciar suas Crises Pessoais

Identifique as causas

Busque compreender quais são as reais fontes de seus problemas, ou seja, as pessoas e situações que provocam mal-estar, incômodo, tristeza e trazem dificuldades para sua vida pessoal. Com isso, trace um plano de ações que lhe permita lidar e vencer estas lacunas.

Analise o que está fora do seu alcance

Examine a crise de forma holística e verifique em quais fatores você pode agir e em como eles podem te afetar e influenciar. Aquilo que não estiver ao seu alcance e você não puder mudar, deve ser deixado para trás.

Assuma sua responsabilidade  

Nada de terceirizar sua responsabilidade. Seja o protagonista da sua história e não transfira para ninguém seus problemas. Busque enfrentá-los de frente, aprender, amadurecer e crescer com estas dificuldades.

Desenvolva sua Inteligência Emocional

Esta habilidade permite avaliar os problemas de forma equilibrada, calma, como também entender melhor cada situação, evitar reações por impulso e resolver, de maneira mais coesa e assertiva, seus problemas.

Foque no Positivo  

Todo problema pessoal, por pior que possa ser ou parecer, é também uma oportunidade real de aprendizado e crescimento. Por isso, é muito importante encará-los de maneira positiva, sempre pensando sobre o que de bom àquela situação pode lhe trazer.

Procure um profissional

Se o problema for mais sério, considere procurar um profissional que possa te ajudar a resolver tal situação. Por exemplo, se você enfrenta problemas de saúde, procure um médico ou se é alguma questão jurídica, um advogado. Caso você esteja enfrentando algum sofrimento emocional, o Coaching é uma metodologia capaz de auxilia-lo no desenvolvimento de competências, identificação de qualidades e pontos de melhoria, mudanças de hábitos e comportamentos.

Crie um plano

Após entender o problema na essência, identificar o que está ao seu alcance, buscar ajuda profissional para as situações mais sérias, chegou a hora de traçar um plano para orientá-lo quanto a resolução do problema.

Como tudo isso, podemos concluir que o melhor caminho, para gerenciarmos nossas crises pessoais, e termos uma vida mais equilibrada e feliz, é buscando ter atitudes positivas, que favoreçam a dissolução destes problemas.

Para isso, é preciso estar disponível a se ajudar, a desenvolver sua maturidade emocional e, com isso resolver, definitivamente, os seus problemas. Permita-se encarar suas questões pessoais, de frente, e colha resultados extraordinários em sua vida.

E você, como lida com seus problemas pessoais? Compartilhe sua dica e o artigo em suas redes sociais!