Voltar

Falta no Trabalho – Como Ela Te Prejudica  

Publicado em | 0 comentários

Terekhov Igor/Shutterstock As constantes faltas ao trabalho é ruim para o profissional e para a empresa

Todos nós, uma vez ou outra, já precisamos faltar ao trabalho para resolver questões pessoais. Até ai tudo bem, afinal, nem sempre o horário comercial nos permite conciliar todas as nossas obrigações, porém quando as faltas são excessivas, esse comportamento pode causar prejuízos ao profissional e também à empresa.

Em algumas organizações o problema da falta no trabalho é tão frequente que é preciso criar mecanismos de premiação e motivação de funcionários, um deles é o chamado bônus por assiduidade. Isso se faz necessário para coibir as ausências e recompensar os colaboradores que realmente assumem o compromisso de estarem na empresa durante o expediente.

Fique Atento as Faltas e Evite Abusos

Por mais flexível que a empresa seja, o colaborador deve demonstrar profissionalismo, bom senso e maturidade e evitar marcar seus compromissos, repetidamente, e exatamente no horário de trabalho. Lembre-se que você foi contratado para atender as necessidades da organização e que ela precisa de seus conhecimentos, dedicação, foco e dos seus resultados para alcançar os objetivos projetados.

Então, logicamente, se você se ausenta, com frequência, dificilmente conseguirá atender estas necessidades e logo se tornará alguém substituível. Outro ponto negativo das faltas ao trabalho é que o colaborador passa a ser um mau exemplo para os colegas, pois abre precedentes para que outras pessoas tenham o mesmo comportamento que ele.

Quando trabalhamos em equipe ou quando somos líderes, as ausências frequentes são ainda mais prejudiciais, pois se não bastasse prejudicar a si, o profissional também acaba prejudicando seus colegas e liderados. Isso ocorre porque as equipes precisam estar inteiramente alinhadas, trabalhar juntas e os profissionais precisam ser orientados e ensinados sobre suas demandas.

Quer sair da Empresa? Seja Ético e Honesto

Muitos profissionais, quando querem ser demitidos da empresa, mudam drasticamente os seus comportamentos, passam a não fazer suas atividades e também a faltar muito ao trabalho. Estas atitudes demonstram total falta de compromisso, desrespeito e despreparo para assumir as consequências de seus atos.

Além de correrem o risco de uma demissão por justa causa, com estas ações, este tipo de colaborador evidencia sua falta de profissionalismo e deixa uma imagem ruim frente à empresa e aos colegas. O ideal é sempre agir de maneira ética e honesta e comunicar ao gestor e ao departamento de Recursos Humanos, que você deseja ser desligado da empresa.

Ficar numa guerra de braço e obrigar a organização a lhe demitir é uma postura imatura e que impactará negativamente em sua carreira. Pense nisso antes de escolher o jeito errado de tomar decisões e ter atitudes impensadas.

Caso este não seja seu caso, fique atento às faltas ao trabalho e busque conversar com seu gestor e explicar sua situação. Lembre-se que por mais justos que sejam os seus motivos, as constantes ausências, com certeza, podem levar o seu emprego embora. Fique de olho e boa sorte!

Gostou? Comente e compartilhe!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!