Voltar

Evitando que a Equipe sabote sua própria Motivação

Publicado em | 0 comentários

Encontre formas de motivar-se diariamente independente das pessoas ao seu redor! Vadymvdrobot

O mercado, cada vez mais competitivo, exige dos funcionários a motivação constante, seja para transformar a empresa em um ambiente agradável, para lidar com clientes ou para garantir resultados satisfatórios em avaliações institucionais.

É fato reconhecido que as empresas de maior sucesso contam com equipes motivadas, resultado de um esforço do departamento de Recursos Humanos, que busca traçar estratégias de interação entre todos os setores, elaborar análises comportamentais, acompanhar atividades, entre outras iniciativas para assegurar um clima organizacional propício ao desenvolvimento.

No entanto, para que a motivação da equipe seja mantida é preciso ir além dos programas e das ações propostas. É preciso que o próprio funcionário faça a sua parte, mantenha o foco e tenha vontade de colaborar com a companhia, evitando sabotar a si próprio.

Um colaborador descontente pode influenciar todo o ambiente de trabalho, prejudicando o desempenho de colegas, e, muitas vezes, gerando um estresse desnecessário na equipe. A auto sabotagem pode acontecer por diversos motivos, dentre os quais estão problemas pessoais, insatisfação profissional, complexo de inferioridade, entre outros.

Para evitar um problema maior, é preciso identificar os profissionais insatisfeitos e tentar descobrir o que os desmotiva, de modo a encontrar uma solução para o problema.

Como diagnosticar a auto sabotagem?

Vitimização

É próprio do ser humano martirizar-se e, por vezes, se sentir diminuído, principalmente quando há algum obstáculo a ser enfrentado. Nesses casos, a pessoa tende a se sentir incapacitada para realizar determinada tarefa e perde o controle da situação, generalizando o problema e levando-o para todos os campos da vida.

É importante lembrar que não há problema em sentir pena de si às vezes. Mas é preciso que isso seja algo passageiro.

Culpa

As pessoas insatisfeitas geralmente tendem a serem negativas e procurar culpado por tudo. Isto acontece, porque o cérebro é forçado a encontrar respostas e, em casos onde “tudo está errado”, a atenção é dirigida para si próprio. Dessa forma, sempre que cometer um erro ou algo não sair conforme o planejado, a pessoa achará que a culpa é sua e que só comete erros.

Negativismo

A descrença constrói a percepção que não vale a pena seguir os seus sonhos e desejos, uma espécie de defesa que o cérebro constrói para que não haja sofrimento posterior. O problema é fruto, geralmente, de acontecimentos passados.

Reclamação

O ato de reclamar sempre é um dos mais comuns nas pessoas que estão se auto sabotando. Isso porque é difícil se desapegar das derrotas anteriores, o que alimenta ainda mais a visão negativa das coisas.

De modo a garantir que o ambiente seja propício ao desenvolvimento profissional e assegurar a evolução em todos os níveis neurológicos: ambiente, comportamento, habilidades, crenças e valores, identidade, afiliação e espiritual, é preciso investir em treinamentos específicos. O curso Professional & Self Coaching – PSC, oferecido pelo IBC Coaching, treina profissionais para aplicarem ferramentas de motivação.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!