Voltar

Entenda o que é a hierarquia júnior, pleno e sênior e como ela funciona!

Publicado em | 0 comentários
júnior, pleno e sênior

Syda Productions/Shutterstock Veja como funciona a hierarquia Júnior,pleno e sênior nas empresas

Nas empresas à medida que suas operações crescem e aumenta seu quadro de colaboradores, também se tona cada vez mais importante organizar a hierarquia e definir, com clareza, a fase em que o profissional se encontra, ou seja, se é júnior, pleno ou sênior ou ainda se pode ser enquadrado como master ou especialista.

Entretanto, antes de categorizar a equipe é importante conhecer bem cada profissional, suas experiências e conhecimentos técnicos para, então, aplicar a nomenclatura correta. Assim, toda vez que alguém chamar um colaborador de Júnior, por exemplo, ninguém vai pensar que estão se referindo ao filho do chefe.

Organizar significa dar espaço à gestão de pessoas, ajuda a que todos os funcionários conheçam e respeitem a hierarquia de cargos definida pela empresa e, especialmente, saibam onde estão e também para onde podem avançar em sua carreira dentro da organização.

Júnior, Pleno e Sênior – Conheça a Hierarquia Profissional nas Empresas

Pensando nisso e para te ajudar a compreender melhor o que significa o cargo júnior, pleno e sênior, eu fiz uma lista das características, conhecimentos e responsabilidades atribuídas a cada estágio da vida do profissional. Confira!

Júnior (JR) – Nível de Responsabilidade 1 – Baixo

Formação: recém – graduado.

Tempo de experiência: no máximo cinco anos.

Atuação – por ainda ser considerado inexperiente, ao júnior são atribuídas apenas as tarefas mais simples que não requerem conhecimentos técnicos aprofundados e que também não exigem habilidades muito específicas.

Pleno (PL) - Nível de Responsabilidade 2 – Médio

Formação: especializado, com pós-graduação ou MBA.

Tempo de experiência: de seis a nove anos de mercado.

Atuação: tem um papel mais bem definido, já que possuiu profundos conhecimentos técnicos sobre o trabalho e acumula maior experiência. Ainda que supervisionado por seu superior, o pleno tem liberdade para tomar determinados tipos de decisões.

Sênior (SR) – Nível de Responsabilidade 3 – Alto

Formação: pós-graduado e também líder.

Tempo de experiência: mais de 10 anos de mercado.

Atuação: o profissional sênior é o líder possui muitas responsabilidades, autonomia para tomar decisões, bastante experiência no mercado, amplos conhecimentos técnicos, habilidades de comunicação e liderança, o que faz com que seja um gestor de equipe e também o responsável por conduzir os processos e os projetos da organização.

Por fim, além dos perfis júnior, pleno e sênior também encontramos em algumas empresas a figura do “master”, que já é um profissional com mais de 15 anos de mercado e que, por seus conhecimentos e experiências, é visto como um executivo. O master é uma espécie de líder estratégico da empresa uma vez que a ele é atribuída à responsabilidade de fazer a empresa crescer e impulsionar cada vez mais os seus resultados de forma rápida e constante.

E se você quer se desenvolver ao máximo de forma acelerada e se destacar em sua carreira, invista em seu desenvolvimento profissional em todos os sentidos. Para isso, minha dica é – conheça a formação Professional & Self Coaching – PSC!

E na sua empresa, também existe este tipo de hierarquização de cargos? Você gosta deste tipo de atribuição? Comente e deixe sua opinião sobre o assunto nos comentários abaixo!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!