Voltar

Dicas de Dinâmica de Relacionamento Interpessoal

Publicado em | 0 comentários
dinamicas interpessoais

Veja exemplos eficientes de dinâmicas de grupo para potencializar os resultados de sua equipe. | Jirsak |DepositPhotos.com

A beleza de um trabalho em equipe se dá através de um elemento muito importante na rotina de uma empresa: a sinergia. Você pode se perguntar, o que é sinergia? E eu te respondo com a maior alegria, pois quero realmente que você incorpore esse conceito no dia a dia de trabalho dentro da sua empresa. A sinergia é a força do trabalho em equipe. É quando todos os colaboradores se unem de tal forma que esse empenho torna a complexidade de uma tarefa algo simples.

E o resultado? Ah, o resultado é maravilhoso. Para você melhorar essa qualidade e trazer mais união para sua equipe, veja como fazer uma dinâmica de grupo pode ser algo maravilhoso e, para não deixar o artigo incompleto, coloquei dois exemplos de dinâmica de relacionamento interpessoal.

Importância de uma dinâmica Interpessoal

Por que é tão importante que você realize uma dinâmica de relacionamento interpessoal? É isso que gerará a tal da sinergia? Bem, até pode acontecer de uma dinâmica sozinha trazer mais sinergia para a sua equipe. Mas, não são apenas esses trabalhos de grupo que vão fazer toda a diferença.

Para o sinergismo agir dentro da sua organização, é importante que você observe vários fatores que contribuem para tal, como o ambiente de trabalho, relação entre líder e colaboradores, recursos e treinamentos, entre outros fatores. Dentro disso tudo a dinâmica tem um papel-chave, mas não único.

A realização de uma dinâmica interpessoal de forma periódica é essencial para a empresa, por isso, nunca despreze esse valor, por mais que você ache alguns procedimentos meio bobos. Entenda que tudo o que é feito em uma dinâmica tem um significado por trás, como você poderá ver agora.

Aprendizagem Vivencial

Assim como existem diversos tipos de inteligência, o processo de aprendizagem possui várias formas. Uma das mais primitivas (já que foi a base da nossa evolução) e eficazes se realiza por meio das experiências que temos. Dessa forma, a aprendizagem vivencial acontece quando informações úteis são retiradas dessas vivências. Por exemplo, se você tomar um determinado caminho e demorar duas vezes mais tempo para chegar a seu destino, irá aprender que não deve tomá-lo, principalmente quando estiver atrasado.

Esse processo é conhecido como “processo indutivo”, pois ele é fundado em uma observação dos acontecimentos, diferenciando-se do “processo dedutivo” que se baseia em uma verdade estabelecida ou convencionada por uma comunidade que tenha autoridade sobre o assunto.

Dinâmica interpessoal e aprendizagem vivencial

A aprendizagem vivencial é uma das metodologias mais eficazes quando se busca pelo desenvolvimento de equipes, pois essas experiências podem ser induzidas de forma “artificial”, tendo os mesmos resultados de uma “natural”. Quando preparada por um profissional com conhecimento, a atividade fará com que os participantes tirem insights e aprendizados de grande importância para o melhoramento do trabalho em equipe.

O ciclo de aprendizagem vivencial, por meio de uma dinâmica, se dá pelas seguintes fases:

  • Realização da dinâmica, que pode ser um jogo ou atividade;
  • Explanação das impressões, reações e emoções relativas à realização da dinâmica interpessoal;
  • Avaliação da performance individual por quem aplica a dinâmica e feedback;
  • Verificação de situações cotidianas que apresentam características parecidas com a atividade e insights
  • Comprometimento dos envolvidos com mudanças de atitudes

Dinâmicas para desenvolver o relacionamento entre os colaboradores

Essa dinâmica é muito interessante para ressaltar a maturidade da equipe e mostrar aquelas características que merecem ser tratadas ou desenvolvidas entre os colaboradores. Para começar, você vai precisar de papel cartão, canetas e fita crepe. Com tudo isso em mãos, junte todo o grupo dentro de uma sala, de preferência bastante confortável e que proporcione bem-estar, isso é importante.

Pegue todos os cartões e cole com a fita crepe nas costas das pessoas que estão participando da dinâmica. E, dessa forma, cada pessoa deve pegar uma caneta que você trouxe.

Você, como líder da dinâmica, vai dizer o seguinte para o pessoal: “Gente, eu quero que vocês escrevam no cartão de cada integrante uma qualidade que para você é um destaque em tal personalidade”. E então você vai mudando as especificações, como, em vez de qualidade, defeitos ou até algum sentimento que para o colaborador deve ser trabalhado.

Depois que todo mundo tiver escrito, é a hora de perguntar o que eles sentiram ao escrever o que foi pedido sobre os colegas de trabalho. E, agora, peça para eles lerem o que foi escrito nos próprios cartões. Faça a mesma pergunta, o que eles sentiram ao ver o que foi escrito em seus cartões.

Pergunte a eles qual a importância que o feedback tem em um grupo e se eles acham que o feedback dentro da empresa deveria ser melhorado. A ideia é fomentar uma discussão na qual, é claro, você seria o mediador. A partir dessa dinâmica você pode analisar a postura de cada colaborador, ver a reação deles ao serem criticados e aproveitar para saber quais são as características que devem ser trabalhadas para que a sua equipe, enfim, alcance a chamada sinergia.

Geralmente essa dinâmica dura 30 minutos com um limite de 30 pessoas participando e um mínimo de 4.

Dinâmica da aproximação

A ideia aqui é deixar a relação da sua equipe bem mais próxima, o que contribui ainda mais para uma sincronização de objetivos e ações. O que você vai precisar é de papeletas e canetas. Em seguida, peça para todos se sentarem em círculo, no meio da sala. A realização da dinâmica é a seguinte: cada pessoa escreve na sua papeleta algo que ela queria ver o seu vizinho da direita fazendo, naquele momento. Pode ser qualquer coisa, claro, dentro do limite do bom senso, mas isso você não vai dizer, deixe-os se sentirem livres.

Então, quando todos tiverem concluído e assinado com o seu nome, revele o segredo: cada pessoa deverá fazer o que escreveu para o colega realizar. E não force ninguém a nada, espere por um voluntário e deixe o fluxo ir seguindo.

O que você pode perceber dessa dinâmica? Se a sua equipe está integrada e à vontade, o caráter de cada um e se há confiança entre os colaboradores. Antes de pedir para eles fazerem o que escreveram, ressalte que não se deseja para os outros o que não se quer para si.

Em 40 minutos a dinâmica está finalizada. Faça com um número de pessoas entre 2 e 10. É bom que o pessoal já se conheça um pouco, pois esta é uma dinâmica de relacionamento interpessoal focada em desenvolver aquela faísca que já existe.

Com essas dinâmicas, o relacionamento interpessoal no trabalho poderá ser estreitado justamente nos pontos onde é mais necessário.
Gostou do nosso artigo sobre dinâmica interpessoal? Compartilhe nossos conteúdo com os seus amigos nas redes sociais!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!