Voltar

Desenvolvendo um Código de Ética e Conduta na Empresa

Publicado em | 0 comentários

Relif/Shutterstock O Código de Ética e Conduta de uma empresa serve como diretriz e indica os comportamentos e valores esperados dos seus colaboradores

Como toda instituição, seja ela familiar, religiosa, particular ou pública, para garantir o bom andamento dos processos e que as regras de comportamentos não sejam infringidas, é essencial definir um código de ética e conduta, que servirá como um guia e deverá ser respeitado e seguido por todos.

Este alinhamento é válido também para as empresas, que devem criar suas diretrizes e, comunicar a todos, quais são as atitudes esperadas de seus colaboradores, tanto dentro como fora da organização. Entretanto, como definir estas “leis corporativas”?

Bem, geralmente o código de ética é baseado na missão, visão e, especialmente, nos valores que a empresa defende e deseja disseminar. Se, por exemplo, um dos valores da instituição é o respeito, suas regras de conduta também serão baseadas neste preceito e, qualquer, atitude contrária, como desrespeito aos colegas, será vista como uma afronta aos ideais propostos.

Como Construir uma Empresa Ética

Entretanto, não basta apenas criar um amontoado de regras, encaderná-las ou colocá-las nas paredes de toda organização. O mais importante é que as ações da empresa sejam verdadeiramente congruentes com os códigos internos de ética e conduta que ela mesma criou.

Em outras palavras, podemos dizer que é o exemplo que contará mais e, este, deve partir da alta direção, dos líderes, gerentes, diretores e gestores, que não podem, por conta de seu poder, ignorar ou quebrar as regras de acordo com seu bel prazer. Sem o exemplo, seguir as normas não fará nenhum sentido para os colaboradores, pois é a prática e não a palavra, que mais inspira as pessoas.

Por isso, é fundamental que todos os profissionais, independente de suas posições ou cargos, conheçam as diretrizes da empresa; o que ela espera dos funcionários em matéria de: moral, comportamentos, relacionamentos interpessoal, liderança, gestão, processos, produtividade; quais são os valores que ela prega e o código de ética que defende e como deseja alcançar crescimento e grandes resultados.

Este alinhamento é muito importante para que o código de ética e as normas de conduta sejam entendidos como um direcionador das ações e não como um cerceador de direitos. Quando a empresa deixa claro o que espera de seus colaboradores, mostra-lhes os caminhos, apresenta seus valores e os segue, cria-se um ambiente mais produtivo e com mais foco e engajamento.

Quando mesmo com tudo isso, alguns profissionais ainda desrespeitam suas diretrizes, isso não quer dizer que as regras da empresa estejam erradas, mas sim, que alguns colaboradores, simplesmente, não se enquadram naquele ambiente.

O melhor então é manter apenas os que respeitam as regras e querem efetivamente colaborar para o crescimento da organização, pois maus exemplos se espalham rapidamente, podem contaminar os demais e desmoralizar os valores da empresa.

Por outro lado, se você é líder ou empresário, fique sempre atento às regras, reavalie de tempos em tempos seus códigos de ética profissional e conduta e busque melhorá-lo e adaptá-lo à realidade da instituição e sociedade. Lembre-se que tudo pode ser melhorado e evoluir, deve ser assim com as regras também!

Gostou do texto? Clique no botão, curta, comente e compartilhe em suas redes sociais!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!