Conheça os Pontos Cegos dos Líderes

Por: José Roberto Marques | Blog | 22 de março de 2017
Gestor observando seu desempenho e avaliando os pontos cegos dos líderes

É preciso estar atento aos pontos cegos dos líderes para que eles não prejudiquem os liderados e a organização.

Não é fácil reconhecer os seus pontos cegos como líder, muito menos observá-los minuciosamente. Apesar de eles poderem ser alusivos, suas consequências são claras. O ponto cego dos líderes tem efeitos de amplo alcance em uma organização. Infelizmente, essas desvantagens provavelmente não serão expostas por uma simples razão: O medo inevitável de expor o lado negativo do chefe.

Não há muitas pessoas ousadas o suficiente para alertarem os seus líderes sobre imperfeições profissionais: Ao invés disso, elas tentam trabalhar em torno das fraquezas dos gestores. Vamos conhecer alguns de seus pontos de melhoria:

 Principais Pontos Cegos dos Líderes

Necessidade de Ter Razão: Para alguns líderes a necessidade que ele possui de estar certo é mais poderosa que a necessidade de considerar todos os fatos e possivelmente admitir uma deficiência em sua opinião, diretriz ou plana.

Foco em Autopromoção: Concentram-se em sim mesmos focam uma energia considerável em suas pautas pessoais. São pessoas que se focam em receber créditos pelas realizações e em achar alguém para culpar quando algo estiver errado.

Falta de Controle: São altamente competitivos frequentemente tem relações frágeis com seus colegas de trabalho. Eles têm uma forte tendência a ver as pessoas como ameaças e acreditam que de alguma forma possam ofuscá-lo.

Ambição e falta de realismo: Líderes demasiadamente exaltados realmente têm funcionários confusos, que estão inseguros quanto ás prioridades e visão da organização. Excessos de objetivos destroem a confiança e o sentimento de realização dentro de sua área de influência, como resultado por tentarem muitas coisas ao mesmo tempo.

Falta de Preocupação com o Fator Humano: Pressionam pessoas como se fossem máquinas, sem se preocupar com os conflitos emocionais que eles podem causar, não só aos seus liderados, mas também à família deles. Uma pessoa da equipe que não esteja disposta a trabalhar por excessivas horas é taxada como descomprometida.

Já tinha parado para refletir sobre isso. Diga então, quais, para você, são os principais pecados de um líder? Comente!