Voltar

Como Usar o Efeito Platô Em Sua Evolução

Publicado em | 0 comentários

Maridavi/Shutterstock O Efeito Platô é a confirmação de que para termos resultados diferentes precisamos agir diferente também

Você já se perguntou por que começamos uma dieta, perdemos peso e depois simplesmente deixamos de emagrecer? Ou ainda, por que os exercícios que tanto deram bons resultados, por um tempo, simplesmente pararam de funcionar?  A resposta é – porque seu organismo caiu no que chamamos de Efeito Platô.

O Efeito Platô é a diminuição progressiva da efetividade de nossas ações, numa espécie de ciclo de rendimentos decrescentes. Ou seja, por mais que continuemos empregando o mesmo esforço, os resultados não serão mais tão bons quanto antes. Isso ocorre em decorrência do que chamamos de Aclimatação, ou seja, da adaptação orgânica pela qual, o corpo e a mente humana, naturalmente, passam quando fazemos algo repetidamente.

Este conceito serve para todas as áreas da vida e não apenas aquelas ligadas aos cuidados físicos e de emagrecimento, como muito ouvimos falar. Fazendo uma metáfora, o Efeito Platô é como caminhar numa esteira: andamos ou corremos, mas não conseguimos sair do lugar e realizar algo diferente.

O Efeito Platô Segundo Bob Sullivan e Hugh Thompson

De acordo com Bob Sullivan e Hugh Thompson (2013), autores do livro “The Plateau Effect”; existem diversas maneiras de vencemos as consequências negativas deste fenômeno. Para nos mostrar isso, eles usam o exemplo de um método usado no Vale do Silício, por empresas que desejam evitar o Efeito Platô, em seus negócios, e oferecer realmente algo inovador e lucrativo no mercado.

Lá, segundo os pesquisadores, os empreendedores usam “Protótipos” de suas ideias para apresentar, aos futuros clientes, produtos e serviços em potencial e pegar feedbacks, opiniões e sugestões; direto dos potenciais consumidores. Estes testes são mais rápidos e bem mais baratos e permitem ao empresário verificar a viabilidade da sua iniciativa, antes mesmo de lançar o negócio.

Esta atitude evita a saturação do mercado (Efeito Platô – empresas iguais vendendo os mesmos produtos e serviços), possibilita identificar novos nichos, novas oportunidades de crescimento e ter maiores chances de sucesso.

Como se Beneficiar do Efeito Platô

Como costumo dizer: para ter resultados diferentes é preciso fazer diferente também. Portanto, se as suas ações já não trazem os efeitos desejados é hora de mudar a forma como você age e, desenvolver novas atitudes e comportamentos congruentes com aquilo que deseja alcançar.

Em tudo o que fazemos: esportes, carreira, relacionamentos; depois de chegarmos a um estágio onde nos sentimos satisfeitos e bem-sucedidos vem à tona a estagnação. É como o salto com vara: corremos, damos um forte impulso com a vara (que são as nossas motivações e objetivos) saltamos o máximo que podemos (para realizar nossa meta) e, logo depois de conquistarmos isso, caímos na zona de conforto.

Assim, podemos continuar a saltar, mas ter o mesmo resultado não trará mais a satisfação como antes. Porém, o Efeito Platô não deve ser encarado de forma negativa, mas como um alerta e um convite à mudança, ao movimento e a sairmos da zona de desconforto.

Bob e Hugh defendem que ele é importante para nos livrarmos do comodismo que tenta nos aprisionar em: empregos ruins, em corpos acima do peso, resultados inexpressivos ou em relacionamentos sem amor; que não nos fazem felizes como merecemos. Por isso, permita-se e livre-se definitivamente dos efeitos platôs negativos e otimize de vez os resultados em sua vida.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!