Voltar

Minhas qualidades e meus defeitos – Como abordá-las na entrevista de emprego?

Publicado em | 0 comentários
minhas qualidades e meus defeitos

Alexander Raths/Shutterstock Saber falar assertivamente sobre suas qualidades e defeitos é importante durante uma entrevista de emprego

Minhas qualidades e meus defeitos: quais são eles? Em se tratando de uma entrevista de emprego é essencial que o candidato a uma vaga sempre esteja muito bem preparado e, consiga responder a esta que é uma das questões mais frequentes durante os processos seletivos das empresas. Não por acaso este é também um dos questionamentos mais emblemáticos, uma vez que nem sempre a resposta dada é aquela esperada pelos selecionadores.

Entretanto, será mesmo que existe uma resposta ideal? Este é um mistério que vamos desvendar ao longo deste texto. Neste sentido, imagino que você deve estar se perguntando, mas como saber minhas qualidades? Bem, minha resposta se resume a uma palavra – autoconhecimento! Esta é a mais poderosa ferramenta para descobrir quais são seus pontos fortes e de melhoria em todos os contextos e também para responder a grande questão – minhas qualidades e meus defeitos entrevista de emprego.

Pensando nisso, trouxe para você algumas dicas de como identificar seus pontos mais positivos e aqueles não tão bons e as melhores formas de você apresentá-los aos seus recrutadores. Continue lendo e confira!

Minhas qualidades e meus defeitos – Dica para reconhecê-los!

Autoconhecimento -

Disse e repito que o autoconhecimento é a melhor forma de conhecer a si mesmo, identificar suas competências, habilidades e diferenciais, bem como aqueles aspectos técnicos, emocionais e comportamentais que precisam ser melhorados. Para isso, uma boa dica de exercício é listar num papel pelos menos cinco habilidades-chave e cinco pontos de melhoria.  Na frente de cada uma – discorra sobre cada um dos seus pontos fortes e dos pontos não positivos, indique a solução que você está aplicando para melhorar-se continuamente.

No momento da entrevista, escolha para falar com mais profundidade sobre as qualidades que mais se relacionam com a vaga (comprometimento, proatividade, foco, pontualidade, bom relacionamento interpessoal) e se valorize na medida certa, ou seja, ressalte seus diferenciais, mas sem causar a impressão de que é um profissional autocentrado e apenas mais uma daquelas pessoas egoístas no trabalho.

Dica do Zé – em hipótese alguma fale de defeitos como: falta de compromisso, atrasos, dificuldade para seguir regras, respeitar a hierarquia e gerenciar o tempo. Evite também dizer que tem temperamento explosivo, demonstrar falta de confiança e nunca fale mal da empresa ou dos seus líderes anteriores. Ao citar seus gaps, fale também sobre o que está fazendo para eliminá-los.

Durante a entrevista procure ouvir atentamente o que os selecionadores dizem, participe das dinâmicas, interaja quando solicitado e, quando pedirem para falar de suas qualidades e defeitos busque ser sincero na medida certa. Para isso, busque demonstrar seus “pontos de melhoria” de forma original e evite falar de si mesmo de forma muito genérica e atribuir-se defeitos e habilidades comuns (perfeccionismo, ansiedade, desorganização) somente para constar.

Fique atento a estas dicas e boa sorte!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!