Voltar

Como Superar a Infidelidade

Publicado em | 0 comentários
Infidelidade

Conrado/Shutterstock A infidelidade no relacionamento amoroso é a que mais afeta a autoestima da pessoa traída

Infidelidade é o ato de ser infiel, de romper o compromisso assumido em manter a fidelidade a algo ou alguém até então importante para nós. Por mais que seja comumente associada à traição, ao adultério, o conceito vai além, uma vez que compreende não apenas as relações amorosas, abrangendo também os aspectos profissionais, sociais, ideológicos, políticos e religiosos, por exemplo.

A grande verdade é que qualquer tipo de infidelidade nos traz sentimentos, emoções e pensamentos negativos, pois envolve diretamente uma quebra de confiança. Confiar no outro, seja ele um amigo, parceiro ou colega de trabalho, tem uma relação direta com acreditar em sua verdade, nas suas boas intenções, lealdade e que tudo que, diz e faz, realmente é sincero, honesto e verdadeiro.

Infidelidade partidária (dos políticos que trocam de partido), religiosa (de pessoas que vivem trocando de igreja/religião) profissional (troca de empresa/emprego) e amorosa quando uma das partes ou as duas são mutuamente infiéis: são cada vez mais comuns nos dias atuais.

Infidelidade entre Casais

Quando falamos em infidelidade, uma dos tipos que as pessoas consideram ser a pior é a entre namorados, noivos ou cônjuges. Marca tanto que constantemente é tema de músicas, poesias, livros, peças e filmes: todos usados para mostrar como este tipo de ação atinge, em cheio e de diferentes formas, a autoestima, a autoconfiança e a crença das pessoas no amor.

O indivíduo infiel viola um dos elementos mais importantes em qualquer relação que é a confiança. Faz o outro sentir-se enganado, traído e perdido em meio a uma realidade que acreditava existir e que na verdade não existe mais.

A infidelidade causa dor e sofrimento, pois até então a pessoa traída não conhecia esta face do seu parceiro. E este, ao ser infiel, também mostra um lado diferente, egoísta, pois ignora completamente as consequências negativas que sua ação vai causar no outro.

O Caminho Para Superar a Infidelidade

Por tudo isso, podemos dizer que não existe uma fórmula pronta para superar a infidelidade de alguém que amamos ou gostamos muito. O certo é que a pessoa que foi traída deve entender que a culpa não é sua pela traição do outro e evitar a autossabotagem. E por mais difícil que possa ser entender isso, num primeiro momento, é sempre melhor saber a verdade logo, pois quando estamos iludidos não conseguimos tomar a decisão certa para nós.

É importante compreender também que sempre oferecemos o que podemos e temos, naquele momento, e que ninguém pode usar isso para justificar uma traição, seja ela de qualquer tipo. A infidelidade tem a ver com o outro e quando mesmo sabendo das consequências e riscos, decide seguir este caminho e violar com a confiança que recebeu de outra pessoa.

Entender isso é fundamental para nos desvincularmos e seguir em frente com a consciência tranquila de que fizemos o nosso melhor e, especialmente, que não somos culpados pelo acontecido. Também é importante para sabermos se estamos prontos para perdoar a infidelidade e continuar nossa vida sem a sombra das lembranças negativas de pessoas e acontecimentos que nos fizeram mal.

Se você está vivendo ou já viveu esta situação de infidelidade, busque valorizar-se e jamais se coloque para baixo ou se diminua em decorrência do erro do outro. Lembre-se que a culpa não é sua, que fez o que pode; fez sua parte e que nem tudo que acontece está sob o nosso controle.

Por fim, quero deixar aqui uma poderosa paráfrase que fiz inspirado numa citação do escritor inglês, William Shakespeare. “Embora você não possa mudar o que aconteceu; você pode escolher o que fazer e como sentir-se a respeito.” Escolha amar-se verdadeiramente, não arraste as correntes dos erros alheios e permita-se ser feliz novamente, pois você merece mais!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!