Voltar

Como Perder o Medo de Dirigir?

Publicado em | 0 comentários
Medo de dirigir

Martin Novak/Shutterstock Segundo à Associação Brasileira de Medicina no Trânsito, o medo de dirigir afeta 75% das motoristas brasileiras

No Brasil, estima-se que a frota de veículos nas ruas já supera as 50 milhões de unidades, ou seja, tem muita gente dirigindo por ai, entretanto, não é raro encontrarmos também pessoas que tem medo de dirigir. Segundo dados da Associação Brasileira de Medicina de Trânsito, mais de dois milhões de brasileiros não conseguem dirigir em cedorrência de seu temor e, as mulheres, representam 75% deste número, e, portanto, são as que mais sofrem com este problema.

Por isso, é muito importante compreender os motivos, traumas, fobias e receios ligados ao trânsito e tratá-los mais de perto. Digo isso porque muitas pessoas, mesmo sendo habilitadas, não se sentem confiantes o suficiente para dirigir seus veículos e acabam se tornando reféns de seus medos. Outras, em decorrência de traumas da infância ou acidentes, sentem verdadeira fobia só de pensar em tomar a direção de uma moto ou carro.

Ter algum tipo de medo da direção, até certo ponto, é um sinal natural de cuidado, respeito às normas e autopreservação, afinal, as estatísticas do trânsito, no país, são alarmantes e, é preciso realmente estar atento e tomar bastante cuidado. Porém, também é fato que precisamos nos deslocar; que o sistema de transporte público é ineficiente e que não podemos sucumbir aos nossos temores. Querendo ou não, nós precisamos tocar nossa vida, ir para o trabalho, para os nossos compromissos pessoais e tudo mais.

Dicas Para Perder o Medo de Dirigir

Identifique as causas – para superar seu medo é preciso entender quais são os fatores que te levam a ter tanto medo de dirigir. Pergunte a si mesmo – qual é o motivo que me faz ter este pavor – baixa confiança, medo de fazer algo errado, de me envolver num acidente, dificuldades de manter a calma ao guiar um carro, experiências ruins na infância, traumas com acidentes? Reflita, seja franco e busque esta resposta.

Tenha paciência – não se sinta pressionado a sair dirigindo de uma hora para outra. Vá com calma e respeite seu próprio tempo. Se já é habilitado, comece dando uma volta no seu bairro, depois vá para um lugar um pouquinho mais longe, conheça as rotas, o trânsito, os horários e vá se acostumando a dirigir.

Conheça bem seu veículo – para evitar qualquer situação constrangedora ou falhas no trânsito, como apagar e não saber onde fica o farol ou uma seta, por exemplo, busque conhecer bem o veículo que vai guiar. Pergunte a uma pessoa mais experiente (amigo, parente, vendedor ou mecânico) ou consulte o manual e fuce você mesmo cada botão ou controle. Deste modo, conhecerá em detalhes seu automotor e se sentirá bem mais seguro e confiante para sair motorizado de casa.

Pense positivo – respire e busque pensar apenas em coisas positivas quando estiver frente ao volante. Você não tem nenhum propósito de fazer nada errado ou de ferir alguém. Lembre-se que sua intenção positiva e chegar a um lugar importante, onde você deseja ou precisa ir (trabalho, escola, reunião, consulta, encontro, show, curso, passeio), esteja atento e confie em você.

Por fim, se mesmo com todo este esforço pessoal você ainda se sentir aflito e sem autoconfiança para guiar seu carro, eu tenho uma dica para você.  Existem profissionais no mercado especializados em ajudar motoristas ou futuros motoristas, como você, a vencer seu medo de dirigir.

Procure conhecer seu trabalho, reconheça seu problema, identifique as causas e invista num tratamento específico para o seu caso. Tenho que certeza que assim, você terá muito mais chances de superar seu temor definitivamente e conquistar a confiança que precisa para sair dirigindo muito bem por ai. Boa sorte!

 

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!