Voltar

Como o Neuromarketing Influencia nas Vendas

Publicado em | 0 comentários
Neuromarketing

Bimbim/Shutterstock O Neuromarketing ajuda a compreender melhor o comportamento de compra dos clientes

O Neuromarketing é uma abordagem que estuda como o consumidor se comporta e como é o seu processo de compra. Analisa como os estímulos neurológicos externos são capazes de influenciar uma pessoa a comprar e tem como objetivo entender melhor como os clientes reagem a tudo isso.

Vivemos cercados de propagandas, comerciais e anúncios dos mais variados tipos. Neste sentido, você já parou para pensar por que alguns chamam mais a nossa atenção do que outros? Bem, segundo o neuromarketing, isto tem a ver com enviar a mensagem certa para a pessoa certa, no momento certo.

Para isso, é importante acessar as memórias, emoções e boas histórias da pessoa e fazê-la identificar-se com aquilo que está vendo ou ouvindo numa publicidade, e sempre de forma positiva. Os comerciais de Natal, por exemplo, nos lembram de nossos momentos em família, do quanto é bom estar juntos e trocar presentes. Não por acaso, esta é uma das datas que as empresas mais vendem no Brasil.

Neuromarketing na Prática

Segundo relatos, Ale Smidts, professor de Marketing, da Universidade de Roterdã, na Holanda, foi quem cunhou o termo Neuromarketing. Entretanto, a ideia de analisar o processo cerebral envolvido no momento da tomada de decisão de compra, é do médico e pesquisador de Harvard, Gerald Zaltman, que submeteu os participantes de sua pesquisa a ressonâncias magnéticas, de modo a identificar como o cérebro dos consumidores se comportava neste sentido.

A ideia do neuromarketing é entender com mais exatidão quais são as reais preferências dos clientes e a partir disso criar produtos que realmente atendam seus desejos e necessidades. Às vezes gostamos do sabor, cor, tipo de um produto, mas é outro, de outra marca, que nos traz as memórias afetivas que nos fazem levá-lo para casa.

Compreender estas variáveis cerebrais e, como estes estímulos externos impactam as pessoas, ajuda a que as empresas tenham um conhecimento melhor sobre os seus consumidores, de como pensam e agem ao tomar a decisão de comprar determinada marca, por exemplo. Isso vai além de perguntar o que a pessoa quer, do que ela gosta, pois nem sempre isso corresponde ao que sua mente diz ou quer.

Na prática, podemos ver o neuromarketing agindo e nos influenciando por meio dos comerciais na TV e internet, que apresentam histórias que apelam para o nosso emocional, mostram casos de superação, defendem a força da “mulher de verdade” ou do homem que busca aventura e que tem em seu carro o companheiro ideal.

Se você tem uma empresa, busque utilizar o neuromarketing para entender melhor o comportamento do consumidor e forma de comprar de seus clientes. Já se você é o próprio cliente, saiba que são muitas as estratégias para convencê-lo a comprar. Esteja atento a tudo isso, use o seu bom senso, critérios e boas compras!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!