Voltar

Como lidar com variações do comportamento humano no trabalho

Publicado em | 0 comentários

© Depositphotos.com / AndreyPopov Você já conheceu ou conhece algum profissional difícil de lidar?

É fato que passamos a maior parte do nosso tempo dentro do ambiente de trabalho convivendo com diferentes pessoas que possuem talentos, personalidade, características e opiniões bem distintas das nossas.

Você já conheceu ou conhece algum profissional difícil de lidar? Já se irritou com atitudes e condutas de um colega de trabalho? Já foi contra as decisões de seu superior? Se você respondeu sim para todas estas questões, não se preocupe, isso é mais comum do que se imagina dentro do meio corporativo.

Pessoas com a personalidade muito forte, em muitos casos, podem gerar conflitos e discussões, abalar a estrutura emocional e, principalmente, prejudicar o seu trabalho. Por mais difícil que seja passar com estas situações, saiba que é possível sim minimizar as causas que estes comportamentos geram.

Por isso, para lidar com as diferentes variações de comportamento no meio organizacional, preparei algumas dicas. Confira abaixo:

Exercite a sua paciência

Este é um dos fatores mais importantes para quem lida com pessoas no dia a dia. A paciência é essencial para conviver em harmonia com seus colegas de trabalho, visto que nem sempre você poderá escolher com quem se relacionar e trabalhar diariamente.

Se você trabalha com um profissional difícil de lidar, por exemplo, procure manter a calma e buscar alternativas que resolvam as diferenças e, principalmente evitar causar problemas ainda maiores.

Haja com a razão e não se deixe levar pelo calor do momento. Lembre-se que você está em um local de trabalho e, por isso, deve manter uma postura e um comportamento adequado, mesmo nas situações mais conflitantes e adversas.

Procure apoio de chefes e superiores

Em muitos casos, pode acontecer que as variações de humor e comportamento de outros colegas e colaboradores afetem negativamente as atividades executadas, principalmente naqueles momentos em que você precisa trabalhar diretamente com esses profissionais.

Nessas situações, se ser tolerante e uma boa conversa não forem suficientes para pacificar a circunstância, é hora de procurar orientação, apoio e ajuda de seus chefes e superiores, como os Recursos Humanos de sua organização, por exemplo.

Para isso, sem intenção de potencializar ainda mais os conflitos existentes, exponha os acontecimentos e, juntos, procurem as melhores alternativas que possam eliminar ou diminuir estes episódios.

Suspenda todo tipo de julgamento

Outra dica que pode ser essencial neste contexto é fazer uso de um dos princípios absolutos do Coaching: a suspensão de todo e qualquer tipo de julgamento.

Lembre-se que pessoas diferentes existem em todo lugar, não só no ambiente profissional, e nem sempre as pessoas vão ter atitudes que estejam de acordo com suas opiniões. Diante disso, torna-se essencial que você elimine todo julgamento e procure compreender melhor o seu colega antes de julgá-lo. Reflita sobre as causas do comportamento executado, procure ajudar e não piorar a situação.

“Quem julga será em algum momento julgado.” Se você não quer que isso aconteça com você, procure não instigar esta ação em seus comportamentos diários.

Este artigo foi útil para você? Então lembre-se de sempre se lembrar de contribuir com o seu comentário.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!