Voltar

Como Lidar com o Transtorno Obsessivo-Compulsivo

Publicado em | 0 comentários
Transtorno Obsessivo Compulsivo

Pathdoc/Shutterstock A mania de limpeza é um dos sinais de transtorno obsessivo compulsivo

Segundo definições, o Transtorno Obsessivo- Compulsivo é um distúrbio de ansiedade de origem psiquiátrica marcado por série de pensamentos obsessivos que levam à pessoa a ter comportamentos igualmente obsessivos e repetitivos.  Esta é uma doença ainda sem cura que pode durar por um período específico da vida ou ser crônica, mas que pode ser tratada com a ajuda de especialistas.

O TOC geralmente é percebido pela própria pessoa ou pelas pessoas ao seu redor, que começam a ver mudanças de comportamento severas em relação ao estado normal do indivíduo. Os principais sintomas são mania de organização e a necessidade de lavar as mãos profunda e repetidamente até estar completamente livre dos germes e bactérias que a pessoa tanto teme.

Também chamado de transtorno de personalidade obsessivo-compulsiva, na atualidade esta disfunção vem sendo cada vez mais diagnosticada. Geralmente o problema é tratado com medicação, psicoterapia ou os dois métodos associados e que juntos podem ajudar o paciente a conviver com o problema.

Sintomas do Transtorno Obsessivo Compulsivo

  • Movimentos repetitivos (trancar a porta várias vezes, contar coisas);
  • Fixação por organização (objetos alinhados simetricamente, limpeza)
  • Mania de limpeza (limpar várias vezes a casa por dia);
  • Ritualismo para fazer as coisas (Se arrumar, tomar banho, comer);
  • Compulsão por acumular coisas (roupas, sapatos, objetos);
  • Repetição demasiada de frases, palavras e comportamentos;
  • Agitação e senso de alerta superligado (medo de que algo de ruim possa acontecer);

Sintomas Psicológicos

  • Isolamento social, pesadelos, culpa e descrença na vida;
  • Ansiedade, ataques de pânico e depressão;
  • Obsessões de cunho sexual e personalidade narcisista
  • Medos, pensamento frenético e apreensão constante;

Ás vezes o que consideramos simples formas de organização na verdade esconde o transtorno obsessivo compulsivo. Se, por exemplo, a pessoa só consegue levantar de determinado lado da cama, organiza suas coisas com rigor e “perfeição” ou separa os alimentos por ordem de cor e se alimenta seguindo uma ordem minuciosa de ingestão; estes podem ser alguns dos sinais de que o Toc está presente e afetando suas ações e comportamentos.

Os pais devem estar alerta aos seus comportamentos e também aos de seus filhos, pois embora ainda não haja uma explicação científica para o distúrbio, muitos especialistas acreditam que há uma influência genética e também que ainda na infância já é possível detectar o problema. Deste modo, o quanto antes iniciar o tratamento, maiores serão as chances de o indivíduo, aprender a lidar com a doença, conviver com ela e ter mais qualidade de vida. Fique atento!

 

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!