Voltar

Como identificar a violência verbal no ambiente de trabalho?

Publicado em | 0 comentários
homem nervoso gritando

© Depositphotos.com / pio3 A violência no trabalho é bastante prejudicial ao desenvolvimento do profissional e da empresa como um todo.

Infelizmente, o contato com pessoas agressivas faz parte do nosso cotidiano, seja no trânsito, na rua, no supermercado ou no shopping. No local de trabalho, a violência também acontece, podendo ser bastante prejudicial ao desenvolvimento do profissional e da empresa como um todo.

Manter um ambiente de trabalho positivo é importante para que o colaborador se sinta bem com o que faz e, assim, se sentir estimulado a dar o máximo de si em suas atividades. Se o colaborador não gosta do que faz ou se sente hostilizado, ele não consegue produzir bons resultados.

Seja qual for a razão que leva uma pessoa a ser mal educada com seus colegas de trabalho, este tipo de comportamento não é aceitável ou justificável. Entretanto, geralmente depende dos próprios colaboradores o ato de inverter a situação e tornar o ambiente favorável e agradável. o rumo que isso pode levar muitas vezes depende de nós

Solução para a violência verbal no trabalho

Lembre-se que o seu superior não está ali só para passar e controlar o trabalho: o líder também deve ser um orientador e apaziguador de situações desconfortáveis. Casos de violência verbal no trabalho não devem ser escondidos, pois o agressor geralmente toma o agredido como uma pessoa fraca e que merece ser ainda mais hostilizada.

Por isso, ao sofrer qualquer tipo de agressão verbal, procure seu gestor imediatamente e conte o ocorrido. Faça a queixa com educação, sem desrespeitar o agressor, e lembre-se seu gestor que este tipo de comportamento prejudica o trabalho e torna a convivência desagradável e insustentável.

Caso seja necessário, converse com algum colega que tenha sido testemunha da violência e peça que ele fale em seu favor. E não deixe que sua reclamação caia no esquecimento: se nada mudar, mostre sua insatisfação novamente e avalie se não é hora de pedir demissão e buscar uma empresa que respeite seu trabalho. Lembre-se: salário não compensa a violência verbal. Se resolver continuar no seu emprego, o faça porque realmente gosta dele.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário e compartilhe nas redes sociais.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!