Voltar

Como Fazer uma Carta de Demissão?

Publicado em | 0 comentários

Africa Studio/Shutterstock Fazer uma carta de demissão assertiva demonstra a maturidade do profissional

Mudar de trabalho e ir para um novo emprego é um verdadeiro divisor de águas na vida de qualquer colaborador. Entretanto, ao pedir demissão é importante seguir algumas regras de ética e agir de modo sempre coeso e profissional.

Assim, mesmo que a empresa de onde está saindo não tenha correspondido plenamente às suas expectativas, é essencial que você demonstre maturidade profissional ao comunicar sua saída.

Por isso, ao fazer sua carta de demissão é imprescindível respeitar sua história, como também a história da empresa e o trabalho dos colegas e gestores que lá estão ficando.

 Demonstre Bom Senso

Neste sentido, nada de fazer textos longos, com desabafos e ataques descabidos às pessoas com quem trabalhou. Muito menos ficar apontando publicamente os erros e pontos negativos da empresa.

Por mais que você tenha “suas razões” para fazer isso, esta atitude só demonstra o seu despreparo emocional e sua incapacidade de lidar com frustrações, sem atacar a tudo e a todos.

Logicamente não é assim que você deseja ser visto, não é mesmo? Por isso, seja inteligente e lembre-se sempre que o mercado de trabalho “tem ouvidos”, ou seja, que também é composto pelos profissionais que atuam em outras empresas e na sua atual.

Isso quer dizer que as pessoas se conhecem, interagem umas com as outras e comentam tanto quando um profissional é muito bom, como quando ele ultrapassa os limites do bom senso.  Evite comprometer sua imagem!

Dicas Para Fazer uma Carta de Demissão Assertiva

  • Escreva apenas o essencial – Sua carta de demissão deve ser coesa, enxuta, respeitar as normas da língua escrita e conter apenas informações que expressem os motivos da sua saída e a forma como deseja cumprir ou não seu aviso prévio. (Existem diversos modelos de cartas de demissão na internet).
  • Seja respeitoso – Nada de aproveitar sua carta para atacar colegas e gestores e desprestigiar a empresa que lhe acolheu. Mantenha o respeito e nada de usar palavras de baixo calão.
  • Evite desabafos – Mesmo que você tenha passado por momentos ruins na organização, evite fazer desabafos e expor negativamente pessoas e situações. Isso pode causar constrangimentos e prejuízos aos colegas que estão ficando.
  • Evite ataques – Do mesmo modo evite atacar colegas, departamentos ou líderes com os quais tenha tido desentendimentos. O rancor faz mal, por isso, deixe este sentimento negativo de fora de sua carta.
  • Foque em seus Resultados – Ao invés de falar dos outros, fale dos projetos que executou e dos resultados que a empresa obteve com seu trabalho. Valorize suas conquistas e seus feitos.
  • Agradeça aos colegas e líderes – Bons resultados dependem de uma série de fatores, entre eles da colaboração dos nossos colegas, equipes e líderes. Essa ajuda é essencial para crescermos em nosso local de trabalho, por isso, seja grato e reconheça todas as pessoas que ajudaram você.
  • Agradeça à empresa – Do mesmo modo, reconheça todas as oportunidades de crescimento profissional que a empresa lhe proporcionou, foque em seus aspectos positivos e diferenciais e deixe uma porta aberta.

Gostou destas extraordinárias dicas? Aproveite compartilhe este artigo em suas redes sociais e tenha boa sorte em seu novo emprego!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!