Voltar

Como fazer seu primeiro currículo

Publicado em | 0 comentários
currículo dentro de envelope

© Depositphotos.com / Roxiller O currículo deve ser objetivo, para facilitar a seleção dos recrutadores e permitir uma leitura mais exata do candidato.

É normal que, ao procurar o primeiro emprego, o jovem candidato fique ansioso e cheio de dúvidas em relação a como se portar nas entrevistas e, especialmente, como fazer o primeiro currículo. O primeiro passo é entender que todo currículo deve ser objetivo, de modo a facilitar a seleção dos recrutadores e permitir uma leitura mais exata do candidato.

Como montar seu currículo

1ª informação: Dados Pessoais

Nome completo, endereço, telefone e email atualizados;

2ª Informação – Objetivo Profissional

Nome da vaga almejada, a exemplo: Assistente administrativo/ Secretária.

3ª Informação – Experiência Profissional

Mesmo que ainda não tenha nenhuma experiência profissional, insira informações sobre suas qualidades técnicas e habilidades desenvolvidas na faculdade. Desenvolvimento de projetos, planilhamento de dados, solicitação de orçamentos, mensuração de retorno sobre investimento – ROI, por exemplo, podem ser citados como experiências profissionais.

4ª Informação – Histórico Escolar

Insira seu histórico escolar, iniciando por sua principal formação. Exemplo: Graduado em Administração ou Graduando em Psicologia, na Faculdade X; junto com a data ou previsão de conclusão.

5ª Informação – Formação Complementar

Insira seus conhecimentos em informática (Word, Power Point, Excel), programas como Adobe Photoshop e domínio de internet;

6ª Informação – Programas de intercâmbio e voluntariado

Se você participa como voluntário de ações sociais ou já fez intercâmbio, insira estas informações, exemplificado o tipo de trabalho executado, o país visitado, duração do programa, modelo de ensino e língua aprendida.

Vale destacar que apenas montar um bom currículo não é suficiente para conseguir o primeiro emprego. Para ter êxito, o candidato deve ter pés no chão e aprender a se candidatar, ou seja, buscar vagas compatíveis com seu nível de conhecimento e experiência.

Por mais que o mercado seja exigente, existem muitas empresas que são abertas para contratações de jovens sem experiência. Estar consciente diminui as frustrações e faz com que o profissional aprenda, desde cedo, a importância de investir em qualificação para alcançar melhores posições na carreira.

E se a falta de experiências é um problema, a dica é investir em conhecimento e no desenvolvimento de competências técnicas e comportamentais. Faça uma Formação em Coaching e saia na frente!

Gostou das dicas? Comente e compartilhe o artigo com seus amigos!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!