Voltar

Como Conter e Evitar o Bullying no Trabalho?

Publicado em | 0 comentários

John Gomez/Shutterstock O Bullying no trabalho se caracteriza por constante violência psicológica e física e assédio ao colaborador

Ser criticado constantemente, de forma excessiva e sem fundamento, ser alvo de chacotas e humilhações por sua forma de falar, vestir e agir, ser tratado de maneira diferente e desrespeitosa, ser vigiado, excluído e exposto a gritos, piadas e ofensas… Só de falar já sentimos um mal estar, não é mesmo?

Mas isto não é ficção, estes exemplos são alguns dos fatos e relatos que se repetem, diariamente, no cotidiano do profissional que sofre bullying no trabalho. Estes comportamentos que para muitos gestores e colegas parecem apenas uma “brincadeirinha para descontrair”, na verdade representam a mais pura expressão do desrespeito e, da violência física e psicológica, a que muitos colaboradores estão submetidos.

Podem parecer inofensivos no começo, mas estes tipos de abusos se configuram como assédio moral grave e podem ser punidos com demissão por justa causa e indenização por danos morais. Entretanto, antes de chegar a este ponto, é fundamental que as empresas tracem estratégias efetivas para conter e evitar o bullying no trabalho.

Consequências do Bullying ao Profissional

Depressão; choro; descontrole emocional; agressividade; baixa estima; baixa confiança; falta de motivação; baixa produtividade e isolamento: são alguns dos reflexos do bullying no desempenho do trabalhador.

Se não bastasse tudo isso, na maioria dos casos, a vida pessoal do colaborador também é afetada, pois como somos seres integrais e passamos a maior parte do dia no trabalho, as coisas ruins que acontecem neste ambiente, também acabam minando o entusiasmo do indivíduo em casa, nos momentos de lazer com os amigos e a família.

Além disso, como muitas vezes o profissional é alvo de perseguições do chefe ou gestor direto, em alguns casos, além das chacotas, ele também pode acabar sendo demitido injustamente e acabar desempregado. Mas como evitar que situações como estas ocorram?

Como Conter o Bullying

É de responsabilidade de todo gestor estar sempre atento a qualquer tipo de comportamento nocivo que envolva sua equipe e o bem-estar de qualquer um dos membros de seu grupo.

Por isso, além de dar bom exemplo, ele deve coibir qualquer ação vexatória e que esteja prejudicando, emocional e profissionalmente, os seus liderados. Também deve buscar assegurar o respeito às diferenças e o direito de todos de serem ouvidos e respeitados.

Caso o assédio esteja vindo do líder, o profissional deve comunicar imediatamente sua conduta ao departamento de Recursos Humanos. O objetivo é que assim, as providências para reprimir e eliminar, estes tipos de comportamentos, possam ser realmente tomadas.

Caso, o problema persista, o colaborador deve buscar seus direitos junto à justiça e reunir todas as provas, físicas e testemunhais, que puder para comprovar o assédio. Fique atento aos seus direitos e lute contra o Bullying dentro e fora do ambiente de trabalho!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!