Voltar

As técnicas mnemônicas no gerenciamento de projetos

Publicado em | 0 comentários
Técnicas Mnemônicas

Sergey Furtaev/Shutterstock As técnicas mnemônicas nos ajudam a memorizar as informações, retê-las e não perder dados importantes!

Você conhece ou já ouviu falar nas técnicas mnemônicas? Pois bem, mnemônica é tipo de técnica de memorização que se especialmente por meio de auxiliares verbais e que nos ajudam a reter uma gama de informações importantes e memorizá-las.  A palavra foi inspirada no termo Mnemosine, nome da deusa grega que seria responsável pela nossa memória.

Neste sentido, profissionais responsáveis pelo gerenciamento de projetos, por seu alto volume de demandas, têm muito a se beneficiar desta metodologia também uma vez que as técnicas mnemônicas são simples e perfeitamente aplicáveis em nosso dia a dia.  E sabe por que é fácil? Porque a lógica utilizada é a de que o nosso cérebro guarda melhor as informações quando associamos estes dados a algo de nosso conhecimento ou âmbito pessoal e, com sequências, que façam algum sentido para nós.

Exemplo – os Dedos como Âncoras da Memória

Vejamos o exemplo dos meses do ano, uma forma muito simples de saber quais deles têm mais de 30 dias. Para isso, existe uma técnica da mnemônica que nos ajuda a lembrar com mais facilidade de quais são os meses com 31 dias. Para isso, coloque seus punhos fechados lado a lado. Os ossinhos, os nós que ficam em destaque são os meses com 31 dias, já o espaço entre eles representam os meses com menos.  Fácil, né?

Vejamos na imagem como funciona e use esta técnica de memorização para lembrar e reter esta informação também!

Técnicas Mnemônicas

Wikipedia Exemplo de técnica mnemônica para memorização dos meses do ano. Os nós são os meses com 31 dias, os intervalos entre os dedos, os com menos!

 Como Usar as Técnicas Mnemônicas no Gerenciamento de Projetos

Gerentes de projetos são profissionais que precisam coordenar ao mesmo tempo diversos tipos de iniciativas e garantir que todas as ações pertinentes a elas sejam aplicadas do modo correto. Como se lembrar de tudo então? Como não perder detalhes importantes? Bem, a resposta pode estar no uso das técnicas mnemônicas, que são aliadas a que a pessoa não se perca em meio ao seu alto volume de informações e consiga guardá-las.

Isso é importante porque segundo estudos científicos, quando as memórias não são fixadas, aquilo que aprendemos vai se perdendo gradativamente e, após algum tempo, esquecido completamente. Para evitar isso, uma forma de não se perder repetir verbalmente e em voz alta os dados ou buscar associar uma palavra que representa sua característica específica à empresa atendida.

Por exemplo – Coaching é igual a Instituto Brasileiro de Coaching – IBC. Este é um modelo de ativador mental, pois sempre que falar em Coaching, você terá esta âncora remetendo ao seu cliente o que trará consigo todas as demais informações referentes a ele. Outra forma é ler o projeto e revisá-lo todo dia por pelo menos 30 minutos, para fixar os pontos-chave e orientar-se melhor!

Estes são alguns exemplos, entretanto, de acordo com a própria realidade do seu gerenciamento de projetos, o profissional pode criar seus próprios modelos mentais para memorizar suas informações importantes e não perdê-las. Pense então, observe o seu dia a dia, crie marcadores, referências e âncoras que façam sentido para você, sejam um direcionador das suas memórias e possa ser mais uma técnica mnemônica extraordinária a se compartilhar.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!