Voltar

Como Aprender a Amar a Realidade que Temos

Publicado em | 0 comentários

Antonio Guillem/Shutterstock Amar a realidade que temos e aproveitar nosso aqui e agora e nos permitir ser felizes

A teoria “O Trabalho” não nasceu de experimentos científicos ou coisas do tipo, mas sim da experiência prática de Byron Katie, sua criadora e também autora do livro – Ame a Realidade – Quatro Perguntas que Podem Mudar sua Vida; e do seu insight sobre como nós imaginamos e criamos as sensações e emoções que nos causam mal e, como, do mesmo modo, por meio de uma reprogramação dos nossos pensamentos, nós podemos eliminá-lo também.

O método “O Trabalho” não impõe limite de idade ou gênero, pois nada mais é do que um belo convite a abrir nossa mente e a permitir-se se libertar das angústias e sofrimentos que só nos causam tristezas e atrasam nossa vida. As ferramentas necessárias são as mais simples: caneta, papel e reflexão. Ah, e também a vontade de ter as verdadeiras respostas e vencer as próprias lacunas.

Por isso, vamos conhecer melhor as ideias que baseiam o trabalho de Byron Katie e entender na prática, como “O Trabalho” pode nos ajudar em nosso processo de autocura e libertação das crenças que escravizam a nossa mente.

A Realidade É o que É!

Embora o nosso cérebro não entenda a diferença entre o que é real ou imaginário, podemos escolher no que vamos ou não acreditar. O que acontece quando damos um murro na ponta de uma faca? Logicamente nos cortamos; ferimos-nos. O mesmo acontece quando alimentamos pensamentos que destoam da realidade, pois estamos mais uma vez apenas dando murros na ponta afiada e constantemente nos machucando. E se deste modo não dá certo, este é um claro sinal de está na hora de mudar a estratégia.

Trazendo esta metáfora para o nosso dia a dia, podemos perceber que repetidamente, repetimos padrões de comportamentos em relação ao outro e a nós mesmos e que brigam com a realidade. Veja só:

Meu companheiro deveria me apoiar e me dar mais atenção;

- Meu chefe deveria ser mais calmo e humano;

- Eu deveria ter mais sucesso na vida e dinheiro no banco.

Estes são exemplos de pensamentos que brigam com a realidade e que por não serem exatamente como desejamos, nos causam tristeza, insatisfação, frustração e bastante estresse em nossas relações cotidianas. Porém, não pense que “O Trabalho” é sinônimo de passividade e inspira a que você aceite tudo do modo como é. O que defende é que o ser humano entenda que independente da sua vontade, certas coisas acontecem e se tornam a sua realidade.

Mude Pensamentos. Mude sua Realidade e Impulsione seus Resultados!

Negar os fatos não muda o que aconteceu ou como as coisas são, pois seria como querer que um rio corresse ao contrário. Podemos ir contra a sua correnteza, remar contra a maré, mas ele ainda assim, vai continuar seguindo seu curso normal.

Resistir a esta verdade é travar uma batalha onde você já entra perdedor. De fato não queremos que coisas ruins nos aconteçam, que percamos pessoas queridas ou que elas fiquem doentes, por exemplo. Contudo, mesmo contra a nossa vontade, estas coisas acontecem. Por isso mesmo, segundo Katie, brigar com elas é totalmente inútil.

A grande questão é que desde sempre, nós somos motivados e tentados a tentar mudar a nossa realidade mesmo quando isso não é possível. Assim, ao invés de aprender a lidar e encarar o que temos de real, nós perdemos o nosso tempo concentrados nos “porquês” de cada questão, o que, em resumo, é pura perda de tempo e energia vital.

Neste sentido, Byron defende a seguinte ideia – “Quando paramos de nos opor à realidade, ações e tornam simples, fluídas, gentis e sem medo”. Podemos, então, com isso ser bem mais felizes com o que temos e ir além.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!