Como Administrar os Talentos dos Millennials

Por: José Roberto Marques | Blog | 06 de março de 2017
Millennials

One Photo/Shutterstock Os Millennials são profissionais que desejam crescer e prosperar na carreira de forma rápida

Ao falarmos em Millennials, à primeira vista o nome pode soar estranho e desconhecido, uma vez que ainda é pouco usado. Entretanto, sua representação é bem conhecida para a maioria de nós, uma vez que estamos falando em nada menos do que da Geração Y.

A geração do milênio, os millennials têm este nome por terem nascido a partir da década de 1980 até metade dos anos 90, no meio do boom tecnológico, do início da era da internet e da massificação da mídia. Também por isso, seus membros foram os primeiros a ter contato com as mudanças que ocorreram neste sentido, já nascendo em meio as grandes inovações tecnológicas e dominando todo este aparato de novidades.

Além disso, diferentemente de seus pais, que viveram os efeitos dos períodos de guerra e pós-guerra, por exemplo; a geração Y teve a seu favor outra realidade, bem mais pacífica, fácil e prospera economicamente do que a de seus antecessores. Isso permitiu que estas pessoas criassem novos caminhos e desenvolvessem uma nova mentalidade sobre tudo e, especialmente, sobre carreira, dinheiro e trabalho.

A Geração Millennials no Trabalho

Se os pais dos millennials queriam apenas ter um emprego estável e não se importavam em passar a vida toda trabalhando na mesma empresa, seus filhos não pensam da mesma forma e foram exatamente na contramão desta ideia.  Como eles puderam se profissionalizar; investir mais tempo nos estudos e ter outras experiências, o que estas pessoas querem é ser bem-sucedidas e ter o reconhecimento financeiro e profissional de forma bem mais rápida.

Assim, os profissionais da geração Y são ávidos por desafios e estão sempre em busca de oportunidades de mostrar seu potencial.  Entretanto, embora tenham muitas qualidades, em muitos casos, são considerados instáveis profissionalmente, pois não têm medo de arriscar, sair de um emprego e buscar noutra empresa as chances de crescer na carreira e se destacar.

Por isso mesmo, para reter os talentos os gestores devem estar atentos, buscar conhecer o modo de pensar e agir destes colaboradores, entender este perfil diferenciado. Também devem aprender a se comunicar e relacionar com eles e conciliar os anseios da organização com os objetivos dos profissionais da geração Y.

Ressalto tudo isso, pois diferente do que muitos falam, os millennials são sim leais, vestem a camisa da empresa e dão o seu melhor quando encontram em seu trabalho as condições para decolar na carreira. Isso, aliás, é o que todo mundo quer independente de qual for sua geração – oportunidades.

Então se você é líder e trabalha com estes profissionais em sua equipe, minha dica é: fale a mesma língua, respeite seus objetivos, compartilhe seus conhecimentos e experiências, desenvolva os talentos, ensine, guie, direcione. Ah, e ajude-os também a controlar a sua ansiedade natural de quem nasceu numa era de mudanças rápidas e muitas exigências e aproveite todo o seu potencial para conquistar resultados extraordinários juntos.