Voltar

Coaching Positivo gera Inteligência Positiva

Publicado em | 0 comentários
Coaching Positivo

Yellowj/Shuttersock O Coaching Positivo ajuda a desenvolver uma inteligência positiva que faz a pessoa ter uma relação mais positiva consigo mesma

Quando escrevi o livro Coaching Positivo, expliquei aos meus leitores que esse conceito diz respeito a uma forma de aplicar o Coaching a partir da Psicologia Positiva. Esta atua no aspecto vivencial positivo do ser humano, compreendendo que este está a serviço da ampliação das habilidades de qualquer indivíduo.

O pressuposto central é que não se desenvolve alguém focando no negativo, devemos reconhecer que você não ensina alguém a andar enfatizando o quanto ele tem caído, mas dizendo o quanto tem conseguido ficar de pé a cada tentativa.

O processo de transformar o pensamento positivo em hábi­to, em uma forma de vivência cotidiana, gera uma “inteligência positiva”. Uma forma automatizada de sempre, em qualquer circunstância ou desafio, frente a qualquer situação de medo ou insegurança, encontrar a perspectiva positiva, otimista e edifi­cante. O resultado é uma mente ativa que cria crenças positivas e que produz resultados melhores.

O pensamento positivo e a inteligência positiva não são fruto do achismo e da crendice, ambos são resultado de pesquisas em neurociência, ciência organizacional e Psicologia Positiva. Isso porque a inteligência positiva é uma habilidade desenvolvida cognitivamente, ou seja, no cérebro, uma vez que ele aprende e se habitua a sempre perceber aquilo que pode fazê-lo conti­nuar, ao invés de desistir.

Inteligência Positiva e Coaching Positivo

Há uma obra bastante conhecida sobre inteligência positiva escrita por Shirzad Chamine, em que o leitor consegue mensurar quanto tempo sua mente passa apoiando você ou sabotando você. Essa obra nos ajuda a melhorar nossa mente rumo a uma inteligência positiva.

Considerar que alguém tem inteligência positiva é saber que esse alguém trabalhou sua mente. Tornou-a mais forte com relação aos aspectos de sabedoria e mais resistente aos sabota­dores. Os nossos “sábios” são reflexos dos nossos pensamentos positivos, eles estão em oposição aos nossos “sabotadores”, que são manifestações da nossa negatividade. Ambos sábios e sabotadores; são padrões mentais auto­matizados pela nossa mente. Eles demonstram como nossa mente está programada.

Todos nós temos nossos sábios e nossos sabotadores. No entanto, durante nossa vida, alimentamos muito mais um do que o outro. É muito fácil observarmos se as pessoas alimen­tam mais seus sábios ou seus sabotadores. Diante de uma dificuldade veja como ela reage, se ela busca o que pode haver de bom em decorrência daquela situação ou se ela prefere se lamentar, reclamar da vida e maldizer a si mesma.

Outro caso é quanto aos críticos. Nossos críticos são exce­lentes sabotadores, os melhores. Somos críticos de nós mes­mos, da vida e, principalmente, somos críticos dos outros. Eles nos sabotam sempre que os alimentamos e os fortalecemos. Quando nos criticamos em excesso passamos a duvidar de nossa capacidade. Rejeitamos grandes oportunidades por que nossa autocrítica fica pesada e limitadora.

Para evitar isso,  é muito importante saber controlar estes impulsos e orientar seus pensamentos de forma positiva e produtiva para que possa empoderar-se, conquistar maior autoconhecimento, autoconfiança e autoestima e ir além.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!