Voltar

3 Dicas de Coaching para Alavancar a Carreira

Publicado em | 0 comentários
Carreira

Vicgmyr/Shutterstock O Coaching é uma poderosa ferramenta para alavancar a carreira

Não há profissional mais desejado hoje pelo mercado do que aquele que está em processo de constante aprimoramento e que busca, com foco, alavancar a carreira. Por isso mesmo, engana-se quem pensa que só para os cargos mais elevados ou de chefia é que essas exigências se impõem.

A verdade é que se valoriza cada vez mais o profissional que está em busca permanente por excelência, em detrimento inclusive daquele que simplesmente tem o melhor currículo e, com isso, se dá ao direito de estagnar-se. O que os profissionais de Recursos Humanos, gestores e o mercado em geral já entenderam faz tempo, é que não importa o quanto o diamante brilhe, mas em que medida ele ainda pode ser lapidado a fim de chegar ao seu brilho máximo.

Como umas das ferramentas mais eficazes de aprimoramento humano e profissional, o Coaching é sempre um aliado valioso para quem está à procura de melhorias expressivas em seu campo de atuação. Continue lendo e veja minhas poderosas dicas.

3 Dicas de Coaching para Alavancar sua Carreira

Identifique seus pontos de melhoria: reconhecer-se como alguém muito distante da perfeição é imprescindível para qualquer indivíduo que almeje manter seu bom senso em dia. Isso equivale a dizer que todos nós temos sempre espaço para melhorar, por mais que nosso desempenho esteja satisfatório.

O primeiro passo para trilhar um novo caminho, não por acaso, é justamente reconhecer em quais pontos temos deixado a desejar. É através do autoconhecimento proporcionado pelo Coaching que estamos aptos a identificar e tratar as diversas deficiências que nos prejudicam na vida pessoal e nos limitam na vida profissional.

Liste os pontos em que você realmente pode melhorar, tome nota das suas dificuldades e mantenha-as sempre à vista a fim de reforçar o que deve ser superado. Um dos pontos altos do Coaching é exatamente este: permitir que enxerguemos com clareza nossas capacidades e, por conseguinte, assegurar condições para incrementar nossos eventuais pontos de fraqueza.

Invista em você sempre: quantos cursos você fez no último ano? Quais as mudanças visíveis em relação ao seu último portfólio? Quais os dados você pode acrescentar em seu currículo recentemente? Quais são seus objetivos de aprimoramento para os próximos meses? Quais cursos, especializações ou treinamentos você gostaria de fazer?

Essas são algumas das perguntas não meramente retóricas que devemos nos fazer quando se trata de aprimoramento profissional. Caso suas respostas não sejam boas para nenhuma delas, não se desespere. Em algum lugar já deveria ter se acendido a luz vermelha, mas se isso não aconteceu, sempre é hora para agir.

Pesquise sobre as inovações da sua área; verifique as competências que o mercado tem prestigiado e que você não possui; avalie quantos ganhos você já poderia ter auferido se não tivesse deixado de lado aquele curso que adiou daquele colega de trabalho que alcançou a promoção que você tanto queria.

O profissional que sabe aonde quer chegar tem de inquietar-se diante da aparente zona de conforto, uma vez que ela nos transforma em preguiçosos e incapazes de agir quando somos tomados pelas adversidades. E acredite: elas chegam bem antes para aqueles que escolheram não mudar e não avançar!

Equilibre vida pessoal e profissional: a qualidade das nossas relações interpessoais afeta diretamente nosso desempenho no trabalho. Antes e acima de tudo, somos seres humanos que, embora racionais, se diferenciam pela imensa capacidade de armazenar e processar os sentimentos nas suas mais variadas formas.

O bom profissional sabe que uma vida pessoal desequilibrada tende a arrastar para baixo seu desempenho no trabalho, ou seja, ter equilíbrio profissional e pessoal é essencial ao seu sucesso.

Como líderes ou gestores, temos a obrigação de fomentar entre nossos colaboradores a prática de atividades de congraçamento, que multipliquem a coesão interna da equipe, bem como dirimir e solucionar conflitos surgidos no escritório ou no chão da fábrica; como profissionais, devemos zelar para que os problemas de uma esfera não se imponham à outra.

O ideal, e que com o Coaching sabemos ser possível, é elevar ao máximo o equilíbrio dos dois componentes indissociáveis da nossa existência e tanto potencializar a nossa vida pessoal como também profissional.

Portanto, se além destas poderosas dicas, você também deseja conhecer e ter mais profundamente os benefícios do processo de Coaching; conheça a formação Professional & Self Coaching- PSC e potencialize seus resultados em todos os sentidos.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!