Voltar

Aprenda como lidar com conflitos de gerações X, Y e Z nas empresas

Publicado em | 0 comentários
homens discutindo

© Depositphotos.com / gstockstudio Os líderes precisam saber gerenciar as diferenças entre os profissionais de sua equipe, geralmente composta por pessoas de diferentes gerações.

O cenário organizacional nunca presenciou uma diversificação de gerações tão grande como atualmente, o que torna cada vez mais difícil para que as lideranças integralizem as diferentes idades, hábitos, costumes, culturas e valores. Além disso, os líderes precisam saber gerenciar os conflitos que podem gerados pela variedade de perfis, filosofias e suas formas de enxergar o mundo.

A maioria dos profissionais ativos no mercado de trabalho é composta pelas gerações X, Y e Z. Conheça abaixo as definições e saiba as melhores formas de lidar com cada geração.

Características das gerações X, Y e Z

Geração X (1940 a 60)
Esta geração vivenciou um dos maiores movimentos populares do Brasil, presenciou o fim da ditadura, o surgimento do computador pessoal e de praticamente todos os outros meios eletrônicos. Suas maiores características são a resistência às mudanças, preferência por trabalhar na mesma empresa por muitos anos, individualidade e independência.

Geração Y (1970 a 90)
Também chamada de geração da internet, a Geração Y surgiu durante a evolução tecnológica. Diferente da Geração X, que viu a internet nascer, a Geração Y cresceu junto aos meios eletrônicos e o universo virtual, internalizando-os ao seu cotidiano desde pequenos.

Suas características mais fortes são: habilidade de realizar múltiplas tarefas, autoconfiança, ambição, além de serem inovadores e determinados a conseguirem atingir seus objetivos, principalmente no que se refere ao crescimento profissional.

Geração Z (1990 a 2000)
Os meios eletrônicos e a internet se tornam ainda mais presentes na Geração Z, que nasceu e cresceu sem saber o que é o mundo “offline”. A principal dificuldade desta geração é a interação social e comunicação verbal, o que afeta sua capacidade de ouvir o próximo. Em contrapartida, são flexíveis, inteligentes, colaborativos, criativos e apresentam alta adaptabilidade a mudanças.

Como lidar com as diferentes Gerações

Conviver com pessoas de diferentes perfis no mesmo ambiente, por 8 horas diárias, proporciona um cenário favorável a desentendimentos e conflitos. Para administrar esses problemas, existem algumas táticas que devem ser adotadas pelos gestores e até pelos colaboradores em geral, garantindo a construção de uma cultura colaborativa, positiva e agradável a todos.

Devem ser levados em conta aspectos como as prioridades de cada geração, suas formas de se comunicar, estilo de trabalhar e traços característicos. Assim, é possível direcionar ações mais efetivas para cada perfil.

Confira algumas dicas abaixo:

Geração X
Preferem trabalhar de maneira autônoma, são desapegados a detalhes e precisam saber apenas qual resultado é esperado e como deve ser feito. São objetivos e práticos.

Geração Y
Sentem-se mais estimulados se souberem a razão de desempenharem determinado papel, e são interessados em compreender os propósitos que serão atingidos com suas atividades. Preferem informações mais detalhadas na hora de receber as demandas e necessitam receber feedbacks ao longo do processo.

Geração Z
Acostumados a interagir de diversas maneiras ao mesmo tempo, necessitam de desafios constantes e que exigem de sua capacidade de inovação. Ficam motivados ao trabalhar em um ambiente que ofereça oportunidades de crescimento e maior participação nas tomadas de decisão e construção de estratégias.

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe com o conhecimento com seus amigos!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!