Voltar

A Importância da Ginástica Laboral na Empresa

Publicado em | 0 comentários

Iluistrator/Shutterstock A Ginástica Laboral nas empresas colabora para o bem-estar e a saúde do trabalhador e aumenta sua qualidade de vida no ambiente de trabalho

O ritmo frenético de trabalho entorpece as pessoas. Vi em um escritório de uma indústria um grupo de funcionários boicotando a ginástica laboral porque “tinham mais o que fazer”. Primeiro briga-se para que as empresas ofereçam exercícios e quando elas oferecem briga-se para não fazê-los porque está atolado em trabalho? Onde está a coerência disso?

A ginástica laboral (laboral vem de lavorare, ou seja, trabalhar) consiste em uma parada diária (ou mais de uma) para exercícios leves de alongamento no próprio ambiente de trabalho. Esse tempinho representa um “refresco” para a mente que está sobrecarregada e uma forma de trabalhar o corpo para as horas de digitação, posturas incorretas no tempo sentado, longos trajetos de sobe-desce e os esforços físicos do cotidiano do trabalho.

Esses exercícios atuam, principalmente, na prevenção de doenças ocupacionais, aquelas causadas em decorrência do trabalho, incluídas nos grupos de síndromes LER (Lesões por Esforços Repetitivos) e DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho). Entre essas doenças as mais comuns são tendinite, bursite e mialgias, que afetam os músculos, nervos e tendões, principalmente nos membros superiores.

A Importância de Investir e Estimular a Ginástica Laboral

Ginástica laboral é a forma mais evidente de a empresa demonstrar preocupação com a saúde e o bem-estar dos seus profissionais. Esse “tempinho” de exercício, descontração, e interação promove um bem imensurável na qualidade de vida dos profissionais.

Não só na prevenção de doenças ortomoleculares, na melhoria da ergonomia, mas na condição mental e emocional dos colaboradores que conseguem “respirar” durante quinze minutos e não serem sufocados pelas preocupações da rotina.

Para além da ginástica diária, são válidas as ações esportivas como campeonatos de futebol, voleibol, e outros jogos que a empresas promovem em dias de lazer. A saída da rotina e a movimentação do corpo colaboram para que o trabalho não seja um fardo tão pesado de ser carregado.

Tenha a certeza também de que essas ações contribuem para que os talentos sejam retidos, ou o inverso, se sua empresa ainda não se atentou para essas práticas, pode ser que seu colaborador, ao encontrar empresas com essa consciência, se sinta bastante tentado a “mudar de time”.

Afinal, a relação de trabalho tem duas vias: o profissional contribui para o crescimento da empresa e a empresa contribui para o crescimento individual dos seus profissionais. Fique atento a isso e busque encontrar formas efetivas para aumentar a qualidade de vida de seus profissionais em sua empresa. Invista em ginástica laboral!

Gostou do texto? Curta, comente e compartilhe!

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!