Voltar

O Que é o Teste R1?

Publicado em | 0 comentários

Leremy/Shutterstock O Teste R1 é uma avaliação psicológica não verbal que tem como intuito avaliar a inteligência do examinado

O Teste R1, desenvolvido na década de 1970, por Rynaldo de Oliveira, é mais um tipo de avaliação, não verbal. Tem como objetivo medir o nível de inteligência dos candidatos em processos seletivos. Por não exigir escolaridade mínima, pode ser usado em processos de habilitação, por postulantes analfabetos ou com somente ensino médio. Entretanto, atualmente recomenda-se a sua aplicação apenas em pessoas alfabetizadas.

Esta avaliação tem como base a identificação do Fator G, de inteligência, elemento que serve para identificar características intelectuais específicas, o que neste caso, é o ato de dirigir um carro. Por isso, o R1 geralmente é aplicado para avaliar motoristas profissionais e amadores.

Como o Teste R1 Funciona

O Teste R1 consiste na apresentação de 40 figuras, concretas e abstratas, que devem ser preenchidas, de acordo com as opções apresentadas.  É composto por um manual explicativo, caderno de teste, com as questões, uma folha de respostas além de lápis e um cronômetro.

Pode ser realizado com apenas com uma e no máximo 30 pessoas ao mesmo tempo. Para tal, o examinador deve apresentar o teste ao grupo e explicar como deve ser respondido. Após, deve entregar o caderno com as questões, bem como a folha de respostas e o lápis. A partir de então, o candidato devem tem 30 minutos para respondê-lo.

Quem já tirou carteira deve se lembrar do Teste R1, na fase teórica do processo quando são aplicados os conhecidos exames psicotécnicos. Por mais simples que possam parecer, estes tipos de avaliação revelam muito sobre a capacidade intelectual do futuro condutor, especialmente, no que diz a compreensão da sinalização de trânsito.

Por isso mesmo, este teste também é aplicado em estrangeiros, pois grande parte dos nossos sinais, também é comum em outros países. O ideal ao fazer esta “prova” é não subestimar a simplicidade das questões e buscar respondê-las de acordo corretamente, utilizando de raciocínio lógico. Isto é exigido porque na condução de um carro não basta apenas “tirar o veículo do lugar”, mas sim compreender tudo que envolve o ato de dirigir (domínio da máquina, perfeito conhecimento da sinalização, leis, regras, respeito às pessoas e ao espaço público), por exemplo.

Sem estes componentes básicos, por mais que tenha inteligência para passar no teste R1, condutor será apenas mais um motorista que não entende as responsabilidades da direção e, que por isso, causa inúmeros transtornos e acidentes todos os anos. Fique atento e tenha uma excelente direção.

Comments

comments

O que é coaching

Baixe o
e-book
gratuito

Conheça a metodologia que vai mudar sua vida. Acelere o seu sucesso!